Mentiram (e muito) para mim

Mentiram (e muito) para mim

Neste ano de 2014, está acontecendo uma onda de lançamentos de livros interessantes. Acabou de sair Mentiram (e muito) para mim, de Flavio Quintela. É um inventário das principais mentiras influentes que nos são apresentadas continuamente como se fossem as mais evidentes e indiscutíveis verdades. O livro é pequeno, 168 páginas. A análise que ele […]