Marcelo Centenaro

@mrcentenaro

Share

Carla Zambelli em Brasília

Na Globo

Só assim para alguém de um movimento pró-impeachment aparecer no Jornal Nacional!

O Movimento Nas Ruas esteve hoje em Brasília acompanhando a eleição do presidente do Tribunal de Contas da União e a repercussão da aceitação do pedido de impeachment pelo presidente da Câmara dos Deputados. De quebra, Carla Zambelli conseguiu aparecer no Jornal Nacional.

Vejam como se faz oposição, enquanto tanta gente “está em casa, guardada por Deus, contando o vil metal…”

Aroldo Cedraz foi reconduzido ao cargo de presidente do TCU. Cedraz é pai de Tiago Cedraz, cuja empresa de advocacia atuou em pelo menos 182 ações no TCU, durante seu primeiro mandato. Tiago foi citado por Ricardo Pessoa em seu acordo de delação premiada. O empreiteiro afirmou ter pago cinqüenta mil reais mensais ao filho do presidente do TCU, em troca de informações do órgão.
http://www1.folha.uol.com.br/poder/2015/10/1698195-firma-de-tiago-cedraz-agiu-em-182-acoes-no-tcu-presidido-por-seu-pai.shtml

Depois da votação, os membros do Movimento Nas Ruas protestavam silenciosamente, usando a bandeira do Brasil. Foram ameaçados por um segurança. Vejam a resposta.

 

Aqui, o momento em que Carla Zambelli rompe o silêncio e os manifestantes são expulsos do TCU.

 

Para completar, uma rápida entrevista com Sibá Machado e Maria do Rosário, sobre a aceitação do pedido de impeachment de Dilma Rousseff.

 

Curta o nasruas. Faça como o nasruas!

Revisado por Maíra Pires @mairamacpires

Movimento Nas Ruas apresenta o Toffoleco

bonecogigante - Gabriel Luiz-G1

Foto: Gabriel Luiz/G1

Nesta quinta-feira, 26 de novembro, o Movimento Nas Ruas fez um protesto em Brasília contra o presidente do Tribunal Superior Eleitoral e ministro do Supremo Tribunal Federal José Antonio Dias Toffoli. Um gigantesco boneco, chamado de Toffoleco, foi inflado em frente ao Congresso Nacional. O boneco representava o ministro sobre uma urna eletrônica Smartmatic, com a estrela do PT no peito, com dinheiro saindo do bolso e de uma mala, segurando suas reprovações em dois concursos para juiz e uma pizza com a inscrição Lava Jato.

O grupo se manifestou pela cassação da chapa de Dilma Rousseff e Michel Temer por crimes eleitorais e pelo voto impresso. Pediu também o afastamento de Dias Toffoli do STF por considerar que suas ligações com o Partido dos Trabalhadores, do qual foi advogado, comprometem sua independência.

Toffoleco6 Toffoleco7 Toffoleco8

 

Revisado por Maíra Pires @mairamacpires

O fim do acampamento no gramado do Congresso Nacional

Fernando Holiday

Foto: Lula Marques

Por ordem de Renan Calheiros, Eduardo Cunha e Rodrigo Rollemberg, a polícia expulsou os manifestantes do MBL, do Revoltados Online, do Vem Pra Rua e sem filiação a movimentos, que estavam acampados no gramado do Congresso Nacional exigindo o impeachment de Dilma Rousseff.

Os manifestantes resistiram pacificamente e foram retirados à força. Há muito tempo já não vivemos uma normalidade democrática. A luta continua!

Vejam o discurso de Fernando Holiday logo antes da expulsão.

Vejam o discurso de Fernando Holiday depois do fim do acampamento.

 

Revisado por Maíra Pires @mairamacpires