Marcelo Centenaro

@mrcentenaro

O Deus da Máquina, de Isabel Paterson

Estou publicando O Deus da Máquina, de Isabel Paterson, um dos três clássicos das Libertárias de 1943. (Os outros dois são A Descoberta da Liberdade, de Rose Wilder Lane, e A Nascente, de Ayn Rand.)

Isabel Paterson faz um panorama da história da liberdade, começando com as Guerras Púnicas e a estrutura da República Romana, passando pela Idade Média e o papel da Igreja, pela a Magna Carta e pela história dos Estados Unidos. Ataca o fascismo, o nazismo e o comunismo como variantes do mesmo mal. Afirma que a liberdade individual só é possível se houver liberdade política. Critica o alistamento militar, o planejamento central da economia, subsídios governamentais para empresas, o papel-moeda e a educação governamental obrigatória.

Não é um livro fácil, por causa das muitas metáforas técnicas, em que ela compara aspectos da sociedade com conceitos de engenharia mecânica ou civil, por exemplo. Mesmo assim, a leitura é agradável por causa da riqueza dos temas e da eloquência com que Isabel Paterson se expressa.

Estou traduzindo de acordo com minha disponibilidade. Todos os erros de tradução e digitação são de minha responsabilidade.

Página 34 de 34« Primeira...5101520...25262728293031323334