ELEIÇÕES 2014

@reaconaria

A eleição da “zuera”

Publicamos aqui um post carregado de imagens ruins, maldade e coisas vis propagadas pela campanha petista. Mas esta eleição também teve muita coisa engraçada, a maioria delas produzidas espontaneamente. As melhores e mais eficientes criações para a internet foram feitas por pessoas sem ligação com campanhas, partidos ou candidaturas. Os vídeos que indicamos abaixo são apenas alguns para lembrarmos que, a despeito do que se viu sendo feito pelo PT, há outros caminhos e não é preciso meter a “mão na merda”, como disse Paulo Betti, para lidar com política.

Aecio_dealwithit

Por fim, como poderá ser visto, muitos desses vídeos não-governistas tiveram enorme repercussão por aí. Que estes tipos de produção não tenham virado notícia ou ganhado reportagem na “grande imprensa” é só mais uma das muitas provas do quanto a cobertura política é contaminada por gente do PT.

1- O Pum do Pastor Everaldo : este vídeo engraçadíssimo teve enorme repercussão e boa parte dos que assistiram acreditam até agora que o candidato realmente soltou um pum na entrevista

2- Paulo Batista – O raio privatizador – O candidato a deputado estadual mais falado dessas eleições, Paulo Batista montou uma equipe muito bem humorada e eficiente, criadora de grandes hits. O raio privatizador foi destaque em muitas reportagens, algumas até do exterior. Trago aqui apenas o vídeo do “Raio privatizador” mas tudo o que foi produzido pela campanha dele foi marcante

3- “Turn down for what?” ou “Deal with it”: Aécio virado no Jiraya – A série de vídeos montados com passagens do debate em que Aécio dava respostas incisivas contra Dilma fez muito sucesso no Facebook e Whatsapp. O que vai abaixo é, talvez, o primeiro criado (se alguém tiver o link original, de quem fez o vídeo de verdade, por favor passem nos comentários para que eu coloque o link correto).

4 – “Turn down for what?” ou “Deal with it”: O irmão fantasma –  No segundo turno, não faltaram motivos para fazer novos vídeos da série.

 

5- Bolsonaro Zuero: Jingle de Aécio – O pessoal da página “Bolsonaro Zuero” criou inúmeros vídeos criativos no segundo turno. Este é a adaptação de um vídeo engraçado e famoso em que um menino canta e dança:

 

6- Dragon Ball Z anti-PT – O bem contra o mal, adaptando a abertura do famoso desenho

 

7- Aécio VanDamme Neves vs Dilma BoloYeung Rousseff – Dilma e Aécio num combate sangrento e mortal em que apenas um pode sobreviver ao ringue.

8- GTA eleitoral – A caçada do tucano segue pelas ruas do famoso game

9 – Aécio salva Marina – Dilma ataca covardemente a frágil Marina, mas é salva pelo herói dos vídeos políticos. A turma do RAP vai à loucura.

10 – Paulo Batista em Entrevista de Emprego – Todos os vídeos do Paulo Batista poderiam estar neste post, mas este aqui não poderia faltar.

Faltou algum? Algum desses links não aponta para quem realmente criou esses vídeos? Coloquem nos comentários e a correção será feita.

As baixarias da campanha petista

Ex-ministro parabeniza criminosos que vandalizaram sede da Editora Abril e espalharam lixo

Ex-ministro parabeniza criminosos que vandalizaram sede da Editora Abril e espalharam lixo

É chamada de “Rapid Dominance” ou “Shock and awe” a estratégia militar de fazer ataques massivos, simultâneos e com vários alvos ao mesmo tempo quando começa a guerra. O intuito é apresentar logo no início da batalha todo o seu poderio ofensivo para confundir o inimigo, ao mesmo tempo em que provoca um abalo psicológico em quem está no lado oposto do campo de batalha. Com menor poder de fogo, o outro lado se vê desnorteado e perde coordenação para reagir com inteligência em todos os fronts abertos.

Podemos dizer que esta eleição consagrou a adaptação do “Choque e Pânico” pelo marketing eleitoral. A campanha petista em 2014 deve ser para sempre lembrada como aquela das maiores baixarias cometidas por um grupo para permanecer no poder. Talvez pela ampliação do uso da internet nas campanhas, onde a liberdade é mais ampla, o PT entendeu que tudo valeria a pena desde que manchassem a reputação alheia. Como o PT encontra enorme eco nos meios jornalísticos, os ataques eram acompanhados por reportagens que cobriam a agenda eleitoral deles: se a campanha afirmava que o adversário era contra uma lei consagrada os jornalistas iam perguntar ao adversário o que ele realmente achava, enquanto outros buscavam qualquer indício que subscrevesse a acusação. Com menor estrutura e dinheiro, os tucanos que fizeram vistas grossas ao que se fez contra Marina Silva no primeiro turno, não conseguiram reagir à altura quando viraram alvo no segundo turno.

Para não deixarmos cair no esquecimento tudo o que se viu, fizemos uma compilação da baixaria usada em perfis oficiais e auxiliares na internet, bem como algumas coisas levadas às ruas. Aqui abaixo há de tudo: mau gosto, apelação, erros lógicos, xingamentos e muita, muita baixaria. No próximo domingo o PT descobrirá se valeu a pena. E quanto a Harlan K Ullman, criador da doutrina aplicável sob a ética da guerra, jamais imaginaria o uso dela no campo da política imoral.

Adesivos espalhados em lixeiras pela cidade de São Paulo

Adesivos espalhados em lixeiras pela cidade de São Paulo

Jornal Hora do Povo, tradicionalmente ao lado do PT, vem com tudo na semana do voto

Jornal Hora do Povo, tradicionalmente ao lado do PT, vem com tudo na semana do voto

Panfletos espalhados em São Paulo

Panfletos espalhados em São Paulo

PT_Emir_AecioHitler

Filósofo do PT e suplente de senador começou a onda de associação de tucanos ao nazismo. Original aqui.

 

Cartaz espalhado em Belo Horizonte.

Cartaz espalhado em Belo Horizonte.

PT_Facebook_Cuba

Cubano, vive sob uma ‘monarquia caudilhesca’ de partido único, diz que votaria no Brasil. Mas ele sabe o que é isso? Original aqui

 

Insinuando que funcionários públicos vão se suicidar massivamente em governo Aécio, sindicalista usa foto de policial militar do Amazonas que se suicidou neste ano.

PT_Facebook_genocidio

Ex-presidente Lula comandou uma série de baixarias. Nos últimos 10 dias da eleição, tomou a frente do exército inescrupuloso. Original aqui

PT_Facebook_Abominavel

Acusações de nepotismo sem fundamentos foram propagadas pelo perfil oficial. Ou, “nepostismo”. Original aqui

PT_Facebook_LulaMulheres

Vitimização: famosa por suas grosserias com subalternos, Dilma e sua campanha usaram a tática após péssimo desempenho em debate. Original aqui

PT_Facebook_Machismo

Apontar erros da presidente virou questão “de gênero”. Mais um exemplo da vitimização. Original aqui

Pt_Facebook_Vale

Bom desempenho de estatal privatizada pelos tucanos é colocado na conta do governo federal. Original aqui

PT_Facebook_1

Continuação da estratégia vulgar adotada contra Marina Silva: derrota do PT tiraria comida do prato das pessoas. Original aqui

PT_Facebook_Petralhar

Petralhar, verbo que indica uso de recursos públicos e roubalheira por um partido, foi assumido pelo PT. Vale lembrar que nem Maluf assumiu o “rouba mas faz”. Original aqui.

PT_Twitter_NegrosNegras

Convocação distingue mulheres e homens de negros e negras. Original aqui.

PT_Facebook_inflacao

Gráfico mostra que, na verdade, FHC conseguiu a maior redução de inflação entre os 3 presidentes. Original aqui.

PT_Facebook_Cartaz_AecioBebado

Cartazes espalhados contra Aécio nas capitais

PT_Facebook_Cartaz

Mais cartazes inescrupulosos.

PT_Facebook_Fake

A criação de perfis falsos nas redes sociais esteve em alta. E aqui, mais uma vez, o PT foi além – criou um usuário falso para fazer posts de ódio e preconceituosos e acusar os tucanos de fazê-los.

Pt_FB_AnteseDepois

Essa série de posts “Antes e Depois” foi apagada do perfil oficial. A foto à esquerda foi tirada já no governo Dilma – dá para ver na própria foto, verticalmente à esquerda.

PT_Fb_MagraGorda

A série “Antes e Depois” também teve esse prodígio: a moça que teria emagrecido no governo do PT e, 12 anos depois, estaria usando a mesma roupa.

Pt_panfleto

Panfletos espalham que Aécio vai cortar “direitos garantidos”, além de outras mentiras e ofensas.

Ao comparar as biografias, PT louva Dilma ser presa por envolvimento com terroristas enquanto Aécio teria "boa vida". Original aqui.

Ao comparar as biografias, PT louva Dilma ser presa por envolvimento com terroristas enquanto Aécio teria “boa vida”. Original aqui.

 

Baixaria petista: panfletos mentirosos são distribuídos no Centro de São Paulo

O desespero pela séria ameaça de perda de poder fez com que o PT fosse além na já conhecida baixaria de suas campanhas. O que vai abaixo é a imagem de alguns panfletos que estão sendo distribuídos no Centro de São Paulo. Ali está escrito que Aécio é um “playboy a serviço dos Estados Unidos“, que se ele vencer vai reduzir o salário mínimo e tirar direitos garantidos pela CLT.

Estamos a 4 dias das eleições. Daqui para frente, o cálculo petista é que vale a pena se enlamear e cometer crimes eleitorais já que punição máxima é multa – e se há uma arte que o partido domina é a de arrecadar. É de se imaginar o que virá mais à frente.

Pt_panfleto

Machismo de Aécio

ss (2014-10-17 at 02.59.44)

Toda a militância esquerdista está repetindo a narrativa de que Aécio, no debate de ontem, foi machista ao confrontar Dilma Roussef. Depois dela insinuar que ele estava dirigindo bêbado e drogado quando foi parado por uma blitz policial, ele foi firme nas acusações de corrupção no governo da presidente. Coisa normal de debate. Acusações e respostas. Mas, como Aécio se saiu melhor nesse enfrentamento, a militância utiliza a carta da “guerra dos sexos”, a carta do machismo: Aécio foi agressivo contra uma mulher.

Estão criando essa narrativa para encobrir a derrota da Dilma no debate. O PT, com seus militantes e amigos jornalistas, cria e repassa o mesmo argumento. As pessoas veem a mesma coisa sendo compartilhada em muitos sites e páginas, criando a sensação que essa narrativa é verdadeira e unânime.

É nessa hora que a oposição erra. As pessoas querem rebater a acusação de machismo, ao invés de desmoralizá-la. Começam a mostrar trechos do debate, falam que as acusações foram justas, que ele apenas respondeu as mentiras faladas por Dilma. Só que nada disso vale, já que, ao entrar na discussão se houve machismo, a pessoa está entrando na narrativa petista. Ao fazer isso, valida-se o ponto de que levantar a hipótese do machismo é correto.

E não é!

No primeiro turno, Dilma e Lula atacaram Marina, falando que um candidato a presidente tem que suportar ataques. A propaganda do PT foi duríssima, baixa, como está sendo agora; mas não houve nenhuma acusação de machismo contra o Lula, Dilma e o PT. Por quê?

“Ela que chore por outras coisas que quiser chorar” diz Lula sobre Marina

Dilma comenta choro de Marina: ‘Quem não quer ser criticado não pode ser presidente’

Simples, essa acusação é apenas um recurso retórico para ser usado contra a oposição. A militância feminista – esquerdista, portanto. Ajudada por outros grupos e militantes, desde petistas “históricos” até os mais modernos como LGBT – utiliza-se disso para ter ganho político rápido. Não há nenhuma relação desse argumento com a realidade. É puro falseamento.

A conduta de Aécio é irrelevante para a esquerda, o simples fato dele ser um homem oposicionista com chances reais de vencer é razão necessária para utilizarem a estratégia política de chamá-lo de machista. Se o candidato de esquerda fosse um negro, a acusação seria de racismo. Se fosse um gay, seria homofobia.

Ficar na defensiva, nesses casos, é validar o ataque do oponente. Portanto, deve-se atacar o próprio argumento, descobrindo-o da mentira para revelar as verdadeiras intenções, mostrando que ele é uma estratégia mentirosa de grupos e indivíduos de esquerda. Nada mais.

ss (2014-10-17 at 03.31.31)

Datafolha, 2o Turno – 15/10: Aécio continua à frente

O Datafolha acabou de divulgar nova pesquisa de intenções de voto. Ainda sem qualquer efeito do debate promovido ontem pela TV Bandeirantes, mas já com bastante tempo do início da propaganda na TV, que o PT tem usado para desqualificar Aécio, o cenário permanece praticamente inalterado nas intenções de voto. O efeito dos ataques petistas foi um ligeiro aumento da rejeição ao tucano, que foi de 34% a 38%, enquanto a de Dilma baixou de 43% para 42%.

O Datafolha também fez perguntas adicionais para medir a temperatura da disputa. Seguem trechos da reportagem da Folha Online:

O instituto investigou ainda o grau de decisão dos eleitores. Aécio e Dilma também estão empatados na taxa de convicção: 42% afirmam intenção de votar nele com certeza, o mesmo valor para Dilma.

Há 18% que talvez possam votar no tucano (eram 22% na pesquisa anterior) ante 15% para Dilma (eram 14%). Já os que não votam em Aécio de jeito nenhum são 38% agora (eram 34% no dia 9), enquanto 42% rejeitam votar em Dilma (eram 43%).

Datafolha_2oturno

Em sabatina, Aécio diz que PT financia governo cubano com o Mais Médicos

Na sabatina da Folha, o candidato Aécio Neves foi questionado sobre o programa Mais Médicos. Ele falou sobre a situação geral da saúde no Brasil e, ao ser questionado sobre a situação dos médicos cubanos pelo jornalista Kennedy Alencar*, sobre a relação do governo brasileiro e o governo cubano.

* jornalista esse que, em um debate, foi apelidado de Língua de Trapo pelo candidato Levy Fidelix

Eduardo Jorge declara apoio a Aécio Neves. Petistas se revoltam

Eduardo Jorge foi, até hoje, o queridinho da campanha eleitoral. Dezenas de reportagens e posts bem-humorados foram feitos em sua homenagem. Chegou até a ser declarado o “candidato da internet”, devido à sua popularidade na rede. Tudo deve mudar a partir de agora, que declarou apoio a Aécio Neves.

Os dilmistas já dão o tom do que vem por aí. Os posts coletados abaixo foram feitos 5 minutos após o anúncio. Cliquem para ampliar:

Eduardo_jorge_levyEduardo_jorge_2Eduardo_jorge_agressorEduardo_jorge_NojoEduardo_Jorge_3Eduardo_jorge_1 Eduardo_jorge_4Eduardo_Jorge_MoscowEduardo_jorge_piada Eduardo_Jorge_Toy Edurdo_jorge_migas

Ministro indicado por Lula retira do ar vídeo do carteiro panfletando para Dilma

Mais uma do ministro Herman Benjamin.

Já falamos sobre ele ter pedido a suspensão do vídeo do Malafaia contra a Dilma:

Agora, ele ordena a retirada do vídeo polêmico do carteiro entregando panfletos de Dilma Roussef:

http://oglobo.globo.com/brasil/tse-manda-google-tirar-do-ar-video-com-carteiro-entregando-panfletos-de-dilma-14161336

BRASÍLIA – O ministro Herman Benjamim, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), determinou nesta segunda-feira que o Google suspenda imediatamente a veiculação do vídeo que mostra um suposto carteiro entregando panfletos de campanha da presidente Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição. Nas imagens, um narrador não identificado demonstra indignação com o ato. A liminar foi dada a pedido da campanha de Dilma.

(…)

“Há alegação por parte dos Representantes (a campanha de Dilma) de que o serviço foi devidamente pago e é lícito. Pelo que se lê na imprensa, outros candidatos também fizeram uso da entrega pelos Correios. Assim, entendo que a manifestação, tal como veiculada, pode induzir o eleitor a erro. Ao que parece ‘prima facie’, o intuito é induzir o eleitor a acreditar que dirigentes dos Correios ou até mesmo a candidata Dilma estariam praticando ato ilícito, em verdadeira apropriação privada de bens e serviços públicos, imputação que, a ser falsa, poderia caracterizar ofensa ao artigo 243 do Código Eleitoral”, escreveu o ministro.

(…)

Dilma Rousseff e Aécio Neves vão disputar o segundo turno

Estamos a alguns minutos da divulgação do resultado oficial das eleições 2014 no primeiro turno e os números finais devem trazer Dilma em torno de 42%, Aécio Neves com um crescimento estupendo na semana final chegando aos 34% e Marina Silva minguando para 20,99%.

O desempenho de Marina Silva está muito próximo do resultado dela em em 2010, quando atingiu 19.636.359. Grandes surpresas na apuração da Bahia, que trouxe uma vitória petista em primeiro turno, e no Rio Grande do Sul, onde o candidato do PMDB, José Ivo Sartori, não só foi ao segundo turno como foi o mais votado.

Mais tarde traremos todos os dados, inclusive análise da nova formação do Legislativo.

aecio-neves-george-gianni-psdb-3

Página 1 de 71234567