Ciro Pessoa é do nosso pessoal

Você conhece a banda O Terço? Moto Perpétuo? Sá, Rodrix e Guarabyra? Clube da Esquina é só mais um disco do Milton Nascimento com Lô Borges? Rock Rural é só uma frase do Cocóricó? Adora Gil e Caetano e nunca ouviu falar da Máfia do Dendê? Qual força política levou Gilberto Gil para o Ministério da Cultura? A turma de Minas Gerais só possui trabalhos relevantes quando são parcerias com a turma da Bahia? Ama os festivais da canção e nunca ouviu falar da “Marcha contra a guitarra elétrica“? Não entende como as referências musicais brasileiras são sempre as mesmas em quase 60 anos? Só se fazia música no exílio? Qual o motivo de a música que se fazia aqui durante a ditadura ter sido enterrada? É por acaso que Rita Lee só sai nos cadernos de cultura como “roqueira” ou “drogada”? O Rock brasileiro dos anos 80 é mais uma face da alienação cultural?

Pois é, a música brasileira também sofreu com a guerra cultural. Um processo calculado de esquecimento e sabotagem de grandes artistas não alinhados com a ideologia do CPC (braço cultural do PCdoB dentro da UNE) foi gestado e perpetrado no Brasil.

Ciro Pessoa, 57, é músico, compositor, poeta e jornalista. Foi fundador dos Titãs, Cabine C. e C.P.S.P (Ciro Pessoa e Seu Pessoal), além de possuir diversos outros trabalhos culturais em seu currículo. Ele é mais um que denuncia com perfeição o aparelhamento da gestão cultural no Brasil.

A partir dos 44 minutos desta imperdível entrevista concedida a Cesar Gavin, Ciro Pessoa dita de forma didática e visceral como funciona a máquina de Cultura brasileira. Casas Fora-do-eixo, MinC, editais, Lei Rouanet, SESCs e tudo o  que serve para calar a cultura brasileira e alimentar artistas que de dois em dois anos estão em nossas TVs na propaganda partidária.

Quem é fã do Ciro Pessoa não pode perder a entrevista completa, quem quer entender a guerra cultural assista a partir dos 44 minutos.

Revisado por Maíra Adorno @mairamadorno

3 comentários para “Ciro Pessoa é do nosso pessoal

  1. Francisco

    Legal o post, não conhecia o Ciro Pessoa. E ĺegal também porque vocês aqui no Reaçonaria geralmente não colocam tantos posts relacionados ao ambiente cultural brasileiro, que de fato está uma m… (no fundo todo mundo sabia disso, mas acho que depois que alguns passaram a discordar e criticar esse cenário, como o Lobão e o Olavo, acho que isso ficou mais patente).

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *