O ISIS acabou, relembre o jornalista “Fake News” James Foley

Forças iraquianas e de coalisão lideradas pelos Estados Unidos tomaram a última cidade iraquiana controlada pelo Califado Islâmico, Rawa, neste dia 17 de novembro, findando todo o controle territorial efetivamente exercido pelo Daesh. O presidente do Irã Hasan Rouhani declarou em rede nacional o fim do ISIS, assim como Brett MGurk, enviado diplomático americano das forças de coalisão, foi ao twitter dizer que o o “Califado de araque” está nos seus últimos dias. Fundado nas trapalhadas do governo Obama, o ISIS encontrou seu fim em apenas 11 meses do governo Trump, cumprindo-se assim mais uma das promessas de campanha do presidente americano.

O grupo radical ficou famoso por espalhar nas mídias sociais vídeos chocantes de crueldade contra civis. Queremos aqui relembrar a primeira vítima de cidadania americana, James Foley. Foley foi capturado no noroeste da Síria em 2012 quando fazia cobertura do conflito entre Assad e grupos rebeldes. Dois anos depois de sua captura, o vídeo da sua execução foi o que introduziu o mundo ao ISIS.

Daniel Greenfield do site Frontpage Mag desencavou tweets que revelavam que o rapaz de 40 anos simpatizava com a agenda islâmica e era contrário à Guerra ao Terror. Segundo o jornalista escritor nova iorquino com foco no islam, Foley foi à Síria defender os rebeldes islamistas Sunni contra o governo Sírio. Embora não tomava lados publicamente, ele demonstrava através das mídias sociais que só contava uma única narrativa, escondendo a verdade. Ele era um típico jornalista progressista, um colega francês disse ao Irish Times que ele estava exasperado com a islamofobia generalizada e queria construir pontes entre o mundo cristão e islâmico.

O resultado nós já sabemos.

Alguns tweets e retweets de Foley copiados e traduzidos do artigo:

Sobre Guerra ao Terror

Veteranos do Iraque e Afeganistão jogando fora suas medalhas #chicago

Jesse em marcha com “Veteranos do Iraque pela Paz” para devolverem suas medalhas #Chicago

Extremismo de direita uma ameaça tão mortal quanto a al Qaeda? (link para a CNN) #cnn

@AngelaLoRosso Até agora mesmo grupos como Jebhat al Nousra foram cautelosos em não acertar civis em bombardeios, dizem, por isso isto é muito ruim. (NOTA DO AUTOR: a Al Nusra Front é um grupo da Al Qaeda parte do ISIS)

Se é o exército americano pressionando um botão no Texas ou um Taliban andando armado nas ruas, não importa. É um mal quando crianças morrem. (Retweetado por Foley)

Porque o #Paquistão é o único país apoiando Romney sobre Obama? Talvez por causa de DRONES? (link para a BBC)

Curso de oficial Militar ensina generalizando que o Islão é o inimigo da america e questionou onde a Convenção de Geneva é aplicável.(Link para o ArmyTimes)

Porque Islamistas Vencendo Eleições é Bom para a Democracia e a Guerra ao Terrorismo. @Matt_VanDyke (Link para o Huffington Post)

Sobre a Síria

#Líbios são os melhores Mujahed #Aleppo. “Allah é minha Zona sem Vôo!”

Entusiasmado pelo mandato #Obama, mas como explicar aos #Sírios que gastamos 6 Bilhões em propaganda mas não vamos parar com o massacre diário aqui. (Link para o The Wall Street Journal)

@philippbreu @nicoletung6 Até então é como se a guerra em #Aleppo fosse focada em Dar Shifaa, agora o regime a destruiu! Rezando por todos os médicos de lá.

Nova coalisão de oposição aos Sírios saudados pela Grã-Bretanha, França e Alemanha, mas onde estão as armas? (Link para o The Guardian)

Em defesa da intervenção da NATO. (link para o The Economist)

Prezados #Sírios, não acreditem que Romney irá ajudá-los a adquirir Mísseis Terra-Ar. Ele está somente dizendo isso para provar que Obama é “fraco”.

@Carpe177 Dentro da SNC parece que não dirige nada… FSA não consegue nem o tamanho certo dos morteiros após comprá-los no mercado negro. Triste

Yah! Kristof from Bab al Salam- “Vamos reconhecer que o atual método de lavar as mãos falhou.” #Síria (Link para o The New York Times)

Oposição Síria diz que deveria receber a ajuda militar prometida pois eles apresentaram um fronte unificado como requerido, o Ocidente vacila (Link para o The Guardian)

Maldito ao nascer? Doutor conta a história do infante doente que Bashar levou à incubadora deixando 4 outros bebês para morrer. @AmalHanano (Link para o Ayyam)

De volta à #maaratalnuman #idilib após 4 meses chocantes- cidade + 100 mil destruídos no cerne. Nenhuma pessoa sobrou além da #FSA, bombas caem a todo minuto

Sobre Israel

3 jornalistas palestinos mortos em bombardeios em #Gaza (Link para o CPJ) NOTA DO AUTOR :Os jornalistas pertenciam ao Hamas.

A cúpula de ferro de #Israel custa 25-30 milhões em 8 dias. Pobreza devastadora/desigualdade, alguém? por @DanWilliams (Link para a Reuters) (Retweetado por Foley)

A Embaixadora RIce não tweetou simpatia à nenhum dos civis mortos em Gaza. Isto, resumidamente, é porque nós não podemos arbitrar. (Retweetado por Foley)

O corpo de três crianças mortas foram retiradas dos destroços de um ataque aéreo israelense nos últimos 15 minutos em el nasr #gaza (Retweetado por Foley)

O anoitecer traz terror para aqueles contidos em Gaza, por @sarahussein para a @AFP (Link não mais existente) (Retweetado por Foley)

Netanyahu começa campanha de reeleição em #Gaza com ataques direcionados ao líder do Hamas seguido de bombardeiro de tanques e navios (Link para o Huffington Post)

Romney comparou o Iran ao Apartheid. O que é irônico porque durante o Apartheid um dos maiores aliados da África era adivinha? Israel. Lol (Retweetado por Foley)

@ufukulutas me lembra do momento do tubo de urânio de Powell – mesmo que parecia uma piada, ainda nos colocou em uma guerra

Precedência dolorosa – Como os Estados Unidos falhou em parar Israel de facilitar massacres em Sabra e Shatila (Link para o The New York Times)

Última do RomneyGate, diz que Palestinos estão ‘comprometidos com a destruição e eliminação de Israel” (Link para a BBC)

O fim que levou Foley pode servir de exemplo a todos os jornalistas brasileiros que tratam com igual leniência o combate ao crime. Quando jornalistas procuram emboscar candidatos que representam uma maior segurança para o país, que são contra políticas de caos social, eles estão tirando poder da sociedade e transferindo para os bandidos, alimentando um monstro. E não podem esperar simpatia, um dia também irão colher o que plantaram.

Loading...

2 comentários para “O ISIS acabou, relembre o jornalista “Fake News” James Foley

  1. odnamrataizem

    Quanto ao parágrafo final, a verdade é que essa tigrada NÃO DÁ A MÍNIMA. O importante é que a “causa” vingue no final, e caso sejam vítimas do monstro que criaram, se sentirão até honrados.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *