VAZOU! Fachin autoriza inquérito contra 9 ministros de Temer

O Estadão teve acesso à lista de autoridades com foro privilegiado que serão investigadas após as delações de diretores da Odebrecht. Como esperado, o resultado é devastador para o governo Michel Temer: 9 ministros.

Segue o trecho da reportagem do Estadão:

A PGR pediu investigações contra os ministros Eliseu Padilha (PMDB), da Casa Civil, , Moreira Franco (PMDB), da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Kassab (PSD), da Ciência e Tecnologia, Helder Barbalho (PMDB), da Integração Nacional, Aloysio Nunes (PSDB), das Relações Exteriores, Blairo Maggi (PP), da Agricultura, Bruno Araújo (PSDB), das Cidades, Roberto Freire (PPS), da Cultura, e Marcos Pereira (PRB), da Indústria, Comércio Exterior e Serviços. Padilha e Kassab responderão em duas investigações, cada.

As delações tratam tanto de desvios da Petrobras, no esquema conhecido como Petrolão, como de financiamento ilegal e Caixa 2 em campanhas políticas.

Revisado por Maíra Pires @mairamacpires

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *