Uber dá exemplo de como não operar no Brasil

Comentário de Paulo Figueiredo Filho, economista, empresário e articulista:

Paulo Figueiredo Filho:

Aqui nos EUA, o Uber anuncia em programas de rádios conservadores como Dennis Prager Show o tempo inteiro. Ontem enquanto eu dirigia, ouvia o próprio Prager fazendo um dos seus famosos “merchãs” do aplicativo. Faz sentido a empresa que depende da liberdade para existir dar dinheiro a quem defende a liberdade.

No Brasil, uma vez propus que um amigo meu que era alto diretor do Uber à época desse uma entrevista para um conhecido Podcast com viés liberal-conservador. Meu amigo topou, mas o “corporativo” da empresa vetou a entrevista – pasmem – com a alegação de que não queriam vincular a empresa à “direita radical”.

Pedi dinheiro para um Think Tank liberal e torceram o nariz dizendo que não era a política da empresa. Nunca apoiaram nenhum dos seus defensores. Fizeram ZERO de articulação política com os poucos parlamentares de direita do Brasil. Não incentivaram (pelo contrário) a união de seus motoristas de forma alguma. Depois quiseram “negociar” com o governo e com os mesmos deputados de merda uma tal de uma “regulamentação” do serviço – em geral para prejudicar seus concorrentes.

Resultado? Uma Uber tomada no c*. Querem saber? Bem feito e posso dizer com satisfação: eu avisei. Uma aula para todos os empresários isentões.

 Revisado por Maíra Pires @mairamacpires

4 comentários para “Uber dá exemplo de como não operar no Brasil

  1. Zar

    Uma pena que as alternativas inovadoras fracassem nesse país. Por outro lado, vejo os tradicionais taxistas lutarem contra o Uber e não fazendo nada para melhorar o lado deles, que reclamam pagar altas taxas para trabalharem, etc. Dois lados tomados de idiotas?

    Responder
  2. Seu Almeida

    Srs. Sou motorista Uber na capital paulista, trabalho também com outros aplicativos, sinto na pele o que é ser motorista, e sempre procuro conversar com todos os passageiros sobre o assunto aplicativos. Posso lhes garantir que Uber não é 100/ inferno e nem 100/ paraíso, mais tá mais para inferno mesmo!… No quesito segurança é zero, tanto para passageiros como para motorista, o valor pago pelas corridas tá muito defasado, pois o preço cobrado do passageiro é muito barato, e, esse é o grande motivo pelo qual os passageiros pegam um Uber, preço, só isso!… É uma concorrência predatória! Os taxistas tem razão neste ponto, ninguém ganha dinheiro, o negócio não é sustentável por que uma hora uma ponta arrebenta, e sempre arrebenta, tenho vários colegas que já pararam, pois não conseguiram manter o carro e estão com nome sujo!… Não tem qualquer avaliação para admissão de um motorista, qualquer um entra basta enviar a documentação pelo aplicativo, muitos colegas fazem Photoshop em documentos de carros mais velhos e é aprovado outros fazem Photoshop da habilitação, qualquer maluco hoje põe um carro e vai trabalhar para a Uber, vc tem carros sem ar, rebaixados, com adesivos do Bob Marley na carenagem, motorista que corre feito loucos!… outros que possuem vários cadastros, e às e vezes com o mesmo veículo, e outras barbaridades que não posso falar aqui… O motorista Uber não tem liberdade de escolher se aceita a corrida em dinheiro ou não! Não tem liberdade de escolher se aceita a corrida compartilhada ou não!… Não são informados com antecedência sobre o destino do passageiro!… Outra coisa a Uber é muito solicitado na periferia, por quê por que é barato, e a Uber não ta nem aí se a periferia é perigosa ou não ela te manda para lá e foda se ela quer o suor do motorista e uns trocadinhos dos pobres!… resultado disso: Os bons motoristas que possuem carros mais novos estão deixando a Uber é migrando para 99 e Cabify, por que pagam um pouco melhor e tem mais liberdade, na 99 eu só aceito dinheiro se eu quiser… Na Cabify não tem a opção dinheiro. “O dinheiro” o dinheiro em si nem aumenta nem diminui a segurança, o problema é que o cadastro na opção dinheiro e muito fácil de ser feito pois não tem garantia de nenhum cartão vinculado à conta e um cartão de crédito é o melhor cadastro que existe. Qualquer marginal faz um cadastro e chama um motorista,
    Srs. Trabalhando diariamente com três a aplicativos posso lhes garantir que quem é contra a Uber não sabe bem o que está dizendo é quem é favor também não. Olha só, tenho uma despesa fixa mensal de $4.000,00 somente​ para operar com os aplicativos, meu custo de km rodado e 0,90 centavos. Se eu eu trabalhar somente com a Uber meus rendimentos chegam 1.200,00 por semana trabalhando 12 horas por dia… Rodo 5000 km ao mês… Façam as contas e tire suas conclusões… Para conseguir uma renda liquida d $2.500,00 por mês eu tenho de fazer uma estratégia de trabalho mirabolante entre os três aplicativos. O grande problema é que a grande maioria dos meus colegas não sabem fazer contas e estão trabalhando empatado sem ganhar dinheiro e muitos estão quebrados. Eu concordo com colega Gutemberg que citou acima, o versão do Uber que veio para o Brasil foi a versão socialista, e acrescento o seguinte a Uber somente está preocupada em levantar dinheiro a qualquer custo para pagar dívidas lá fora. Não faço questão de defender a Uber, pode ser um tiro no pé! Faço questão de defender o sistema como um todo, por que não existe somente a Uber neste mercado.

    Responder
  3. jorge

    Na minha visão tudo está errado, este assunto do UBER chega me dar ojeriza pelos políticos brasileiros. Brasil está fadado ao fracasso sempre!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *