Temer supera Dilma e dá R$ 888 milhões para Fundo Partidário

Prestes a sofrer o impeachment, a ex-presidente Dilma usou o dinheiro público para agradar os partidos políticos e liberou R$ 819 milhões do orçamento da União para o Fundo Partidário em 2016. Relembre a notícia neste link, do Estadão.

Desmoralizado, mas ainda com bom trânsito nos partidos, Michel Temer usou o mesmo expediente para comprar apoio da classe política. Seu governo enviou uma proposta orçamentária para 2018 que reserva R$ 888 milhões para os partidos políticos. Nem mesmo o crescente rombo das contas públicas sensibilizou a equipe econômica.

O aumento de recursos para os partidos foi de 8,5% e não nasceu de emenda do Congresso, mas de proposta da Presidência.

Loading...

Um comentário para “Temer supera Dilma e dá R$ 888 milhões para Fundo Partidário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *