Sobrinho de Lula também intermediou negócios com o PT

“(VEJA) No relatório entregue ao Ministério Público Federal, os delegados responsáveis pela investigação da Operação Janus destacam que, durante as buscas e apreensões realizadas em maio passado, foi encontrado um contrato que menciona um negócio suspeito envolvendo o Partido dos Trabalhadores.

O documento faz referência a um acordo firmado entre a empresa Projetai, de Taiguara, e a Uno – União Nacional dos Eventos e Outdoor e a Três Meios. O objeto do contrato diz respeito à “intermediação…de relação comercial a ser viabilizada entre a segunda contratante (UNO) e o Partido dos Trabalhadores para a realização de campanhas publicitárias eleitorais em mídia exterior para campanhas políticas para as eleições de 2010”. De acordo com a PF, a Projetai receberia, em troca da intermediação, cerca de 20% do faturamento obtido pela real prestadora de serviços para o PT.

Na análise da quebra do sigilo bancário, autorizada pela Justiça Federal, a PF encontrou um repasse no valor de 110 000 reais feito pela Exergia Brasil, empresa de engenharia do sobrinho do ex-presidente que atua em Angola, para a Aquarela Print Comércio e Serviços de Impressões Gráficas, localizada em São Bernardo do Campo, grande São Paulo. A transferência foi feita no dia 6 de setembro de 2012, no mesmo período em que a Aquarela Print prestava serviços para as campanhas do PT em São Paulo e São Bernardo do Campo.”

Taiguara Rodrigues, cujo emprego antes de ser empreiteiro milionário era vidraceiro

Taiguara Rodrigues, cujo emprego antes de ser empreiteiro milionário era vidraceiro

Revisado por Maíra Pires @mairamadorno

Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *