ReaçaBlog

@reaconaria

Sejam Bem-Vindos

No país em que um partido possui a Presidência da República desde 2002, controla os sindicatos, tem nas mãos de 70% a 80% do Congresso, a maioria absoluta das ONGs e grupos sociais organizados, apoio amplo de poderosas organizações como FEBRABAN e FIESP, uma rede enorme de jornalistas e ex-jornalistas simpáticos ou mesmo pagos pelo governo, torna-se cada vez mais exótico pensar contra esta maioria. Muito mais raro tem sido se manifestar de qualquer forma contra este arco amplo e confuso que sustenta o grupo no poder. E não se está a falar aqui apenas de críticas filosóficas ou profundamente políticas não, até porque não há, nesta grande rede de alianças que governa o Brasil, um pensamento claro e definido sobre a estratégia de governo. É quase coisa de maluco notar e criticar coisas absurdas como a desconexão do ministro da Fazenda com a realidade; a administração ruinosa da Petrobrás; a perpetuação das piores práticas no trato com o dinheiro público; o apoio e defesa de políticos que há décadas só fazem crescer o currículo criminal; o preocupante crescimento da inflação; o descaso absoluto com a segurança pública; a total inexistência de políticas públicas voltadas para a melhoria da educação de base… São inúmeros os defeitos deste governo, como é de se esperar de um estado tão gigantesco, desnorteado e sem auto-crítica necessária.

Quando surgem vozes dissonantes aqui e ali,mesmo em termos comportamentais ou culturais, a turma entusiasta deste aglomerado já tem na ponta da língua o conjunto de chavões para desacreditar os ousados e irresponsáveis que não seguem a corrente: São reacionários! Insistiu na crítica? Então é fascista. Contestou ainda mais? Nazista, elitista, anti-patriota, higienista e inimigo do povo. Quando num debate o que se tem é adjetivação farta para bloqueá-lo, está logo claro que bons argumentos para enfrentá-lo não há.

É contra esta intolerância à opinião, à crítica ideológica e factual, ao direito de pensar diferente que este grupo de blogs e sites se levanta. Erros a apontar, exageros e ações inaceitáveis não faltam a este governo e ao pensamento político que guia suas ações.

Para poupar da timidez inicial os que de pronto se ofenderão com o que teremos por aqui, lhes oferecemos de presente o nome do nosso portal: “Reaçonaria”. O portal Reaçonaria não possui opinião única, apenas é intransigente na defesa de amplas liberdades individuais, respeito às leis, filosofia e costumes que construíram as melhores e mais livres sociedades de nosso tempo. Nossa equipe e nosso site não são obras prontas, estão em permanente melhoria com a colaboração de cada um dos membros que já estão conosco, de  tantos outros que ainda se juntarão e de você leitor.

Teremos aqui diversos colaboradores que escreverão semanalmente em suas colunas. Temos na equipe o Marcelo Centenaro, incansável pesquisador e leitor de autoras libertárias que está preparando traduções inéditas em português. Teremos a seção “Arca Reaça”, onde traremos posts, artigos ou ensaios antigos que valem a pena ser relidos. Haverá a seção “A direita que ri” com imagens, piadas e posts bem-humorados. Haverá também espaço para artigos de leitores, quem quiser colaborar e ter seu artigo publicado, basta enviar e ser aprovado no nosso rigoroso controle de qualidade reaça. Por fim, semanalmente faremos a legenda de algum vídeo importante ou histórico.

Nobres progressistas de mãos dadas a criminosos condenados e notáveis heróis populares contemporâneos como Maluf, Sarney, Renan e José Dirceu, sejam sempre bem-vindos. E a todos aqueles que aqui estão por dispensarem a fartura de textos e análises políticas pró-governo espalhados e bem remunerados por aí: sintam-se em casa!

18 comentários para “Sejam Bem-Vindos

  1. José Estênio Gomes Negreiros

    Parabenizo os idealizadores, editores e articulistas do ReaçaBlog por viabilizarem mais uma página virtual independente e livre do açaimo governamental – na forma de generosas verbas publicitárias – que amordaça a maior parte da Imprensa brasileira e sul-americana.
    Com sua permissão, reproduzirei no Blog do Estênio matérias publicadas nesse Blog.
    Cordialmente.

    Responder
  2. hereticus

    What an American President Said:

    “Nothing is easier than the expenditure of public money. It doesn’t appear to belong to anyone.
    The temptation is overwhelming to bestow it on somebody.”

    Calvin Coolidge

    Responder
  3. Nélio Domingues

    Senhores,

    parabéns pela iniciativa, a Direita precisa mesmo de voz ativa.
    Já remeti um texto para avaliação de voces, quem sabe vejo publicado como contribuição do leitor.

    Abraços.

    Responder
  4. J. Freire

    É com muito gosto que vejo um Site tomar partido pela Direita. No mundo civilizado, o que nã no Brasil, ser direita é pecado mortal, é ser leproso, é ser tido que não presta. Por outro lado, ser de esquerda dá o direito de robar, matar, aparcer com destaque nessa imprensa comprada e de joelhos, fazendo dos homens de bem uns panacas, uns imbecis. É necessário que a maioria dos decentes se manfestem contra essa corja, essa canalha, esses corruptos que assumiram o poder. Parabéns.

    Responder
  5. Antonio Henrique

    Parabéns.
    sejam bem vindos.

    Privatização da Petrobras e outras estatais;
    Fim do imposto sindical ;
    Redução e limitação dos gastos governamentais com publicidade;
    Proibir o governo de sustentar ONG;
    Limitar ao mínimo (um) a quantidade de cargos comissionados.

    Cinco metas para que tenhamos um futuro melhor.

    Responder
  6. Eduardo

    Felicito a toda equipe deste, que já se soma aos bons sites e blogs conservadores.
    Acompanharei e divulgarei para amplo conhecimento dos leitores.
    Obrigado.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *