Roda Viva prestigia alucinação coletiva

O programa Roda Viva (TV Cultura) resolveu prestigiar, nesta segunda (5), o deputado federal Weverton Rocha (PDT-MA).

O deputado ficou conhecido (ficou conhecido?) por ter apresentado uma emenda contra as 10 medidas e contra a Lava-Jato. A direção do programa achou por bem dar palanque espaço para o deputado.

A emenda foi articulada por todos os grandes partidos na Câmara, a notoriedade do deputado maranhense vem justamente de sua falta de notoriedade. Ajudar a matar a Lava-Jato é uma missão para poucos, quanto mais desconhecido, melhor.

O deputado Weverton Rocha não existe no debate nacional. O deputado Weverton Rocha é uma alucinação coletiva.

Em 2016, a notícia mais relevante envolvendo o Roda Viva foi a perda dos direitos de utilizar a música de Chico Buarque na abertura do programa. Também neste ano, o programa teve uma conversa de comadres entrevistou o presidente em exorcismo Michel Temer sem conseguir maiores repercussões.

Se o programa continuar nesse caminho, é melhor substituir as cadeiras dos entrevistadores por genuflexórios.

PS.: A TV Cultura é uma emissora estatal mantida pelo governo de São Paulo. Recentemente, o governador Geraldo Alckmin, de forma demagógica, sugeriu que Temer deveria extinguir a TV Brasil e declarou: ‘é a TV do Lula, custa caro e não agrega audiência”.

 Revisado por Maíra Pires @mairamadorno

Loading...

Um comentário para “Roda Viva prestigia alucinação coletiva

  1. Leonardo X

    “Curtura” de inteligência com fartura de cretinice fundamental. Os “alckmistas” estão transformando ouro em barro num órgão oficial que pode dar até traço na audência sem nenhum problema, porque no socialismo é sempre o povo quem paga o prejuízo. Muito triste mesmo.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *