Revista de esquerda Caros Amigos anuncia o fim de sua edição impressa

A revista Caros Amigos anunciou em editorial que deixará de existir na versão impressa. Assim como a revista Carta Maior, que também deixou de circular nas bancas, irá produzir conteúdo digitalmente. Edições temáticas serão republicadas.

Reproduzimos parte de seu editorial pela curiosidade de a revista acusar “o golpe” como uma das causas de seu fim. Nós acreditamos que seja a simples falta de leitores e assinantes.

Fim de Caros Amigos

É o pior editorial que um jornalista pode escrever: anunciar o fim de um projeto acalentado por 20 anos. A revista Caros Amigos resistiu o quanto pôde, mas não resistiu ao golpe, ao cerco ideológico do governo ilegítimo, ao aprofundamento da crise deste ultraneoliberalismo que pune a nação com vingança, ódio e descaramento institucional contra os avanços e conquistas sociais. Circula esta, sua última edição, também diante de um mercado editorial em profunda transformação, com queda nas vendas em todos os nichos, e o avanço das mídias digitais, dominadas por grandes corporações e assoladas por fake news e ações de rapina ideológica. Mas também é da necessidade de bom jornalismo nesses tempos de “mídias da confusão” e ambiente digital bruto que a editora vai manter o site de Caros Amigos e continuar oferecendo nas bancas republicações de suas edições temáticas, produzidas ao longo dessa jornada.”

O editorial na íntegra pode ser conferido no site da revista aqui.

Confira o grande time que o brasileiro deixará de contar nas bancas:

ARTIGOS E COLUNAS

06 Wagner Nabuco — Avante!

08 Mc Leonardo — Caros Amigos

10 Gilberto Felisberto Vasconcellos — EdirJair pesadelo evangelical gun

11 José Arbex Jr. — …Mas no meu canto estarão sempre juntos…

35 João Pedro Stedile — O escárnio dos golpistas

35 Frei Betto — Lamento fúnebre

45 Gershon Knispel — Um novo oriente é inaugurado

SEÇÕES

08 Falar Brasileiro — Por Marcos Bagno — Falar e fazer falar

09 Tudo Tanto — Por Alexandre Matias — Depois do Juízo Final

21 Pátria Grande — Por Marcos Methol — Itinerário de um encontro: de Havana a Montevidéu

40 Ensaio fotográfico — Retratos

42 Livros — O telhado e as estrelas — Por Fabio Luis Barbosa dos Santos

46 Boteco Bolivariano — Por Cynara Menezes — Querem nos calar

CHARGES

04 Guto Lacaz

30 Luiz Gê

47 Claudius”

Capas da Caros Amigos:

Leia também:

Governo petista gastou R$ 22 bilhões em propaganda, só com Dilma foram R$ 9 bilhões

Loading...

8 comentários para “Revista de esquerda Caros Amigos anuncia o fim de sua edição impressa

  1. Vitor

    Nem sabia que esse trem existia, devia ser pura propaganda inútil para estimular os “Idiotas úteis” da escatologia esquerdopata. A esgotosfera vai se reduzindo cada vez mais sem o patrocínio estatal. Precisamos reduzir a REDE ESGOTO a esse nível também.

    Responder
  2. Alexandre Sampaio

    Mas que coincidência…, o tempo de circulação dessa bosta comunista, ocorreu durante os governos THC, Lullarápio e Terrorista búlgara. Tempos em que, o Governo Federal enchia o rabo desses filhos da puta com o nosso suado dinheirinho…, Sem verba estatal, fica difícil produzir lixo, né putada?

    Responder
  3. Bruno

    Engraçado… defendia corruPTos de estimações (as capas falam por si só) e comemorava as editoras da “mídia golpista” Abril e Globo (fabricantes das fakes news) da terem que cancelarem revistas, ironicamente sucumbiu com a mentira e a crise econômica criada pelos corruPTos.

    Responder
  4. Octavio Franca

    Já vai tarde. Revista de conteúdo medíocre, tolo, raso, enfadonho e, principalmente, um reflexo da realidade distorcida que ela tanto defendia. Um lixo de cabo a rabo.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *