Previdência: Governador de Sergipe sai chocado após reunião com Marun

O governador Jackson Barreto, de Sergipe, saiu chocado após uma reunião com o ministro Carlos Marun, da Secretaria de Governo.

O ministro teria condicionado a assinatura de contratos com a Caixa em troca de votos dos deputados federais sergipanos pela reforma da previdência.

A manobra é crime de responsabilidade contra o livre exercício do Poder Legislativo, punível com impeachment do Ministro de Estado e inelegibilidade. O brasileiro, acostumado ao toma lá da cá, não liga.

A sociedade das minhocas considera inclusive normal que se troque cargos por votos. O parlamentar, no imaginário coletivo, é carimbador dos atos do presidente da República.

Oh! Compra de votos em troca de cargos é crime?” Sim, é crime!

Democracias mais avançadas, como a dos EUA, em que parlamentares de um mesmo partido do presidente votam contra a Casa Branca é algo inimaginável por aqui. E, quando acontece, se é tido como traidor.

No Estadão:

“O primeiro a sofrer pressão foi o governador de Sergipe, Jackson Barreto (PMDB), que deixou o Planalto na última quarta-feira reclamando.

O governador de Sergipe disse à Coluna que saiu chocado da reunião. “Marun me falou que há vários contratos com a Caixa, mas o governo só vai liberar após a votação da reforma. Achei uma coisa fora de propósito. Me deixou frustrado”, disse.

Sergipe tenta um empréstimo de R$ 560 milhões com a Caixa para a recuperação de rodovias. Se o dinheiro sair só em fevereiro, após a votação da reforma, vai coincidir com o início das chuvas no Nordeste, em março, o que inviabiliza as obras.”

Michel Temer, Carlos Marun e Jackson Barreto pertencem ao mesmo MDB, antigo PMDB.

Carlos Marun, ministro da Secretaria de Governo

Leia também:

MARMITA DE BANDIDO: Em Convenção Nacional, PMDB volta a ser MDB

 

Loading...

3 comentários para “Previdência: Governador de Sergipe sai chocado após reunião com Marun

  1. denis

    Incrível como as pessoas realmente compram o que a grande mídia propagandeia. Há décadas que a previdência é saqueada….pra fazer Brasíla, Transamazônica, para financiar outros projetos, fora os roubos descarados que nunca foram investigados, tem ainda os que foram mas o recursos pobremente devolvidos aos cofres públicos…aí a culpa é do trabalhador….ou dos “funcionários do estado” quando sabemos que todos os governos ( Temer também, ) empregam até a vó em cargos públicos, roubam os fundos de pensão, enfim, fazem a rapinagem geral e irrestrita. Aí vem uns zé manés que além de não saber escrever para expor sua falta de idéias e raciocínios, vomitam toda sua ignorância. Vá trabalhar de pedreiro, metalúrgico, agricultor…vá trabalhar de soldador, operário em rodovias…vá trabalhar de policial e veja se chega aos 60 anos. Não é só por causa dos políticos que o país não vai pra frente. Por causa também de idiotas metidos à “cidadãos do bem que discutem os assuntos do dia que leram nos jornalões”…qualquer gari tem mais poder de indignação que essa gente.

    Responder
    • João Kuiudo

      Vai se lascar otário! O que deixou esse rombo é a má gestão e a corrupção! Imoralidade! Isso é crime de responsabilidade! Babaca! Tudo agora é culpa do servidor público! Vc sempre vai precisar de um! Não se esqueça!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *