Presidente do PSDB paulistano defende impeachment

Líder dos governos Mário Covas, Serra e Alckmin na Assembleia Legislativa e atual presidente do PSDB paulistano, o médico Milton Flávio defendeu o impeachment da presidente Dilma Rousseff em seu Facebook e cutucou correligionários contrários ao impedimento, declarou:

Milton Flávio, presidente do PSDB paulistano

Milton Flávio, presidente do PSDB paulistano

Brasil, o pais das maravilhas.

É como deveria estar vendo o meu país depois de ouvir, ler e assistir a tucanos, de escol e com passado é verdade, que insistem em dizer, para alegria do PT, Lula e Dilma, que as ruas, ou o povo, miseravelmente mais uma vez não enxerga além do seu próprio nariz ou, quem sabe, do próprio umbigo.

Afinal ou no final, faltam fatos concretos para justificar neste momento um pedido de impeachment da presidente, que seria, segundo o próprio presidente da Câmara, indeferido e arquivado monocraticamente.

O que mudou de Collor para cá, foram as leis ou os homens?

Por muito menos perderam seus mandatos Collor e o nosso senador Cunha Lima.

Como explicar e justificar para os brasileiros que ganharam coragem e usam as ruas para protestar e implorar por mudanças que Dilma, Lula e o PT nada fizeram de concreto que possa ensejar o processo de impeachment da presidente.

Gostaria que os que defendem esta tese fossem as ruas discursar em sua defesa. Seguramente teriam a oportunidade de ouvir, assistir e sentir , contra si, as mesmas reações que provocam Dilma e suas falas.

Quem sabe pudessem convencer a todos nós que roubar a Petrobras e várias outras estatais, desrespeitar a lei de responsabilidade fiscal, usar o caixa 2, financiar com recursos públicos programas assistenciais em período eleitoral, fraudar estatísticas e balanços, enfim tudo o que o PT e Dilma fizeram nestes últimos anos, pode.

Depois de convencer-nos , poderiam também nos convidar para recuperarmos o país num governo de coalizão, onde emprestaríamos nossos melhores nomes e toda a nossa digna história.

Afinal, se pecados não cometeram, Dilma e o PT merecem as nossas (suas) companhias.

Se cometeram, ora bolas, quem pode atirar a primeira pedra?

Este é o novo Brasil que nos pretendem impingir.

Um pais de maravilhas...”

Milton Flávio não está sozinho. Toda a bancada na Câmara Federal, Eduardo Graeff e 63% dos brasileiros concordam com ele. Parabéns pela postura, Milton Flávio!

Loading...

2 comentários para “Presidente do PSDB paulistano defende impeachment

  1. SideShow Bob

    Mas o PSDB é um partido social democrata, ou seja de centro-esquerda, portanto, é natural que se alie ao Petismo e toda franja esquerdista, desde o MST até a OAB.

    Responder
  2. Valéria Mesquita

    Sou eleitora do PSDB desde que Mário Covas foi candidato à presidência! Agora, não mais! O PSDB não vai ver mais meu voto! Prefiro votar em alguém sem experiência administrativa, mas com brio, coisa que os tucanos não têm mais!b Me parece que estão claramente atuando em parceria com os escroques do PT! Agora acredito plenamente, que o projeto de poder dos dois partidos é o mesmo! E CALA A BOCA FHC!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *