PPS pode se transformar em AGORA! para receber Huck

O PPS tem seus méritos, com a queda do Muro de Berlim e o colapso da União Soviética, nasceu como uma dissidência do PCB que abraçava a democracia como um valor fundamental para o desenvolvimento brasileiro. Partido fundador do Foro de SP, foi o primeiro e talvez o único a romper e sair da organização após a radicalização chavista e os avanços bolivarianos sobre o continente. Apoiador do primeiro mandato do ex-presidente Lula (PT) – durante o primeiro turno encampou a candidatura própria de Ciro Gomes -, rompeu com o governo durante o Mensalão e fez oposição até o impeachment de Dilma Rousseff (PT). Integrante do governo Temer (PMDB), rompeu com a primeira denúncia da PGR (o ministro Jungmann ocupa a Defesa em cota pessoal para não deixar a pasta acéfala em período de crise).

Com a aproximação de Luciano Huck do partido, os grupos de interesse que cercam o apresentador também ensaiam filiação. Um deles é o AGORA!, um aglomerado de gente esquisita e prafrentex que pode dar uma cara de “movimento” ao PPS. A ideia de incorporar o grupo e mudar o nome partiu de ninguém menos que Roberto Freire.

Na Folha: “Em nova etapa do esforço para atrair Luciano Huck aos palanques em 2018, o PPS colocou na mesa proposta para incorporar o Agora!, grupo ao qual o apresentador está vinculado. Em contrapartida, a sigla mudaria de nome e adotaria a alcunha do movimento. A ideia foi encampada pelo presidente da sigla, o deputado Roberto Freire (SP). Ele está à espera de uma definição de Huck. Os dois já tiveram encontros em SP, Brasília e um mais recente, no Rio, na casa de Armínio Fraga. (…) Integrantes do Agora! dizem que é difícil o PPS atrair o grupo inteiro. Ainda que Huck tope a empreitada, outros quadros devem abraçar legendas como a Rede ou o Livres.”

DEUS NOS LIVRE!

Leia também:

Em 2015, Huck participou de reunião com Soros

Luciano Huck organiza fundo para eleger entre 70 e 100 deputados

Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *