Polícia Federal nas ruas com a 40a fase da Lava Jato: Operação Asfixia

A Polícia Federal está nas ruas cumprindo mandados judiciais da 40a fase da Lava Jato, batizada de “Asfixia”. A Operação avança contra operadores da Andrade Gutierrez que pagavam propinas e desviavam ” recursos públicos em áreas da Petrobras destinadas a produção, distribuição e comercialização de gás combustível”. Quatro mandados de prisão foram expedidos para cidadãos do Rio de Janeiro.

Em nota, o MPF destacou que o esquema de propinas continuou operando até meados de 2016, segundo os delatores:

Os criminosos colaboradores relataram ainda que os pagamentos de propina prosseguiram até junho de 2016, mesmo após a deflagração da Operação Lava Jato e a saída dos empregados de seus cargos na Petrobras

Três ex-gerentes da Petrobras são suspeitos de receberem mais de R$ 100 milhões em propinas de empreiteiras que eram contratadas pela estatal.

Revisado por Maíra Pires @mairamacpires

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *