PERSEGUIÇÃO: Facebook retira posts do Reaçonaria por informarem sobre exposição com crianças levadas a tocar homem nu

O nosso site foi o primeiro a repercutir a revolta que já existia nas redes sociais diante da exposição do MAM em que um homem nu, o artista Wagner Schwartz, era tocado por pessoas, inclusive crianças – uma delas foi exposta em vídeo publicado no Instagram por um dos entusiastas da exposição. Revejam o post.

O absurdo ganhou repercussão e mesmo a grande imprensa teve que noticiar o fato. O deputado federal e presidenciável Jair Bolsonaro também usou suas redes sociais para mostrar indignação, no que foi seguido por Magno Malta.

Instalada a revolta e sendo impossível negar o absurdo, inexplicavelmente o Facebook entrou em campo para impedir a disseminação da notícia. Todos os posts de nossa página naquela rede social foram excluídos. Quem divulgava nosso link tinha seu post ocultado da linha do tempo e colocado sob análise por “suspeita de spam”.

O meu post, em minha página pessoal, foi um dos apagados e ocultados pelo Facebook. Embora fosse um post de três parágrafos com minha opinião e o link para a notícia, ele foi classificado como “spam”. Publicado na noite de ontem, nesta manhã ele começou a ter reações de meus amigos e parentes, todos obviamente inconformados com o absurdo, até que o post simplesmente sumiu.

Isso é só um aperitivo do que será a disputa política daqui para frente. Num país em que leis não são cumpridas e tudo é possível, o Facebook vai deitar e rolar no controle da disseminação das informações.

Loading...

3 comentários para “PERSEGUIÇÃO: Facebook retira posts do Reaçonaria por informarem sobre exposição com crianças levadas a tocar homem nu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *