Pastor Malafaia critica Bolsonaro e elogia Doria

O pastor Silas Malafaia, um dos líderes da Assembleia de Deus, criticou a correta decisão do deputado Jair Bolsonaro de sair do PSC, um partido que também é uma franja da Assembleia de Deus na política.

Bolsonaro sabe que será boicotado pelo partido e dificilmente conseguirá legenda para disputar a presidência caso permaneça no PSC. Malafaia sabe disso, mas finge ignorar.

Por que o PSC, que com André Moura possui a liderança do governo Temer no Congresso, não garante desde agora a candidatura do deputado Jair Bolsonaro? Por que o pastor Everaldo, presidente do partido, não faz com que a executiva feche questão em torno da candidatura Bolsonaro? Por que o deputado Marco Feliciano, líder do partido na Câmara, não fala mais da candidatura? Vão coligar com quem?

Disse o pastor ao O Globo: “Se fizer isso, Bolsonaro não vai dar um tiro no pé. Vai dar um tiro na cabeça. Mas, pensando bem, é bom para o ser humano lidar com a contrariedade. Ele faz tudo sozinho, precisa se deparar com o contraditório. Se ele não consegue lidar com coisas pequenas, como dialogar com partido, imagine com as grandes questões.

Um presidente precisa ter três qualidades: competência administrativa, competência política e integridade. No momento, acho que o Doria é o candidato que preenche os três requisitos. Ao Bolsonaro, ainda falta competência administrativa e competência política.”

Silas Malafaia é e sempre foi um notório Silas Malafaia.

Leia também:

E no João Doria, dá pra confiar?

Silas Malafaia quando fingia ignorar os propósitos do PT

 

Loading...

10 comentários para “Pastor Malafaia critica Bolsonaro e elogia Doria

  1. Assim como Caifas, que procurava evidências falsas para acusar o Messias, Malafaia, faz alegações equivocadas quanto a Jair Bolsonaro. Uma pena que o Pastor, um grande lider, apoie os fariseus, como Doria , que enganam o Povo.
    VIVA BOLSONARO!!!

    Responder
  2. Isac

    Apoiar o Doria pró imigrantes muçus, Aecio, FHC, Lula, e corja mais de comunistas dá na mesma!
    Esse tal de Malafaia takonada, já foi até apoiador de comunistas do PT, junto com praticamente todos os pastores de grandes seitas do Brasil, caso de Edir Macedo, outro lixo!!

    Responder
    • Pedro Rocha

      E também Magno Malta.

      O protestantismo é, em última análise, um movimento de esquerda. Não é à toa que ideias esquerdistas são tão facilmente assimiladas pelos protestantes, pois um ex-pastor batista que conheci admitiu que era comunista e que 85% dos pastores batistas que ele conhecia eram ateus!

      Responder
  3. ADILSON

    Assim como o DORIA comunicou que representaria o PMDB e PSDB e foi rejeitado imediatamente por todos leitores de jornais, também vai com todos os partidos que não apoiar BOLSONARO. Ainda falta um ano e a violência está desenfreada, então a solução será BOLSONARO. RIO DE JANEIRO já está em ponto de intervenção, até o representante da câmara já falou que a segurança pública do rio perdeu o controle.

    Responder
  4. Pedro Rocha

    Vocês estão noticiando isso agora, mas desde março do corrente o Malafaia bajula o Doria:

    http://www.infomoney.com.br/mercados/politica/noticia/6251320/malafaia-diz-gostar-ideia-joao-doria-para-presidente-fazer-bem

    Aproveitador como é, colou em Bolsonaro para ir na aba da popularidade do Mito e agora que seus planos estão fraquejando – o boicote partidário está se mostrando eficiente em neutralizar sua candidatura – o Malafaia pulou para o barco do Doria. Mas justiça seja feita: Malafaia não é o único. Diferente dele, muita gente dita “de direita” está abandonando Bolsonaro e entrando na “onda Doria”, o que causou a reação de Eduardo Bolsonaro no final do mês passado.

    Por isso eu reitero a importância de termos um partido de direita e apoiarmos a criação do Partido Militar Brasileiro (PMBR), que é o maior e mais organizado grupo político de direita atualmente no Brasill.

    https://www.facebook.com/PartidoMilitarBrasileiroPMBR/

    Responder
  5. Alexandre Sampaio

    Competência administrativa?!? Trabalho no final da avenida Ipiranga, no centro de São Paulo. Há um semáforo aqui que não funciona a mais de um ano. Vez ou outra, aparece um “marronzinho” para ajudar os pobres pedestres a atravessar a via pública. Agora, agentes da CET multando veículos na região, ah, isso não falta! Assim como os radares não apresentarem “problemas técnicos”. Dória é outro bosta, fabiano. Acredita nele quem quer.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *