O impressionante testemunho de um Delegado do GOE

No dia 17 de novembro, um Delegado paulista foi assassinado no bairro do Gonzaga, em Santos. Em nossa miséria cotidiana, assassinato de agentes de segurança é fato cotidiano e não desperta nenhum acalorado debate público, discursos políticos ou propostas de lei. Ainda assim chamou atenção o fato dos bandidos terem chegado para o crime em um táxi e numa rua movimentada sem nenhuma inibição, o que deixa ainda mais clara a probabilidade de uma execução planejada. Clicando no link é possível ver o vídeo da execuação. Quem é de São Paulo e acompanha este tipo de notícia sabe que o PCC oferece prêmios altos pela morte de policiais militares ou civis, há uma “tabela”.

Dois meses depois o autor dos disparos foi preso assaltando novamente. O depoimento do Delegado Marcelo Gonçalvezs é impressionante:

Sou policial há 23 anos e hoje sou delegado do GOE (Grupo de Operações Especiais) e assistente do DIG (Delegacia de Investigações Gerais). Depois de todos esses anos de profissão a maldade já não me impressiona mais, mas a frieza ainda me surpreende… Na última quinta feira, a polícia prendeu esse menor, procurado por matar o delegado Gilvan de Cubatão, em um latrocínio no bairro do Gonzaga. É ele que aparece na imagem atirando no doutor.

Perguntei pra ele: Você tem noção do estrago feito? Você destruiu uma família!

Ele respondeu: “Ô senhor, se eu não faço isso, ele me matava! Quando o Danilo (outro criminoso) gritou: É policia! Dei um tiro no peito dele e, como os dois estavam brigando, dei outro nas costas dele.”

Confessou com a maior frieza pra mim. Parecia que estava contando um fato ocorrido em uma balada ou algo parecido… Falou tudo, e com sua mãe ao lado. Impressionante. Confesso que fui obrigado a interromper o depoimento do menor. Embrulhou o meu estomago ouvir o cara contando com aquela frieza. Poderia ter sido eu, a vítima.

A mãe dele é trabalhadora, dona de avícola. Ela disse pra mim: “Dr. de uns dois anos pra cá ele desandou e não posso fazer nada…”

Ele ainda disse que estava arrependido: “Toda essa violência por conta de uma “dedeira” (aliança), um cordão de ouro e um celular.”

Então perguntei: Arrependido do que? Você foi apreendido com uma arma e roubando novamente!

A Polícia Militar de São Vicente prendeu ele com um revólver calibre 38, logo depois de assaltar uma equipe da Ecovias na Imigrantes, perto da ponte do Mar Pequeno. O adolescente tinha 1.85cm, e com apelido de “frango,” por conta do negócio da mãe.

O que assusta é o fato deste adolescente, daqui a três anos, estar nas ruas e talvez pior, já que o Brasil tem uma legislação que não surte o efeito esperado para a ressocialização destes infratores.

Sempre falo pra minha equipe que precisamos ser profissionais, aplicar a lei e esclarecer todas as circunstancias que envolveram o fato, pois assim estaremos dando uma resposta à sociedade. Apesar de sermos de carne e osso, a emoção deve ser deixada de lado. O mais importante é conseguirmos reunir provas que levem a condenação dos criminosos e a consequente segregação do meio social. Assim, outros crimes desta natureza serão evitados.

Fonte: “Viver em Santos

Loading...

29 comentários para “O impressionante testemunho de um Delegado do GOE

  1. Alexandre Sampaio Cardozo de Almeida

    São Paulo, 26 de janeiro de 2.015

    Sr. Renato,

    Pena de morte não resolve a questão? Pois bem, a prisão também não! Em lugar nenhum do mundo! Pelo seu argumento, entende-se então, que o Estado deva parar de prender bandidos. Outra coisa, o condenado a morte, não cometerá outros crimes. Um traficante morto, não destruirá mais ninguém. Quanto a sua arrogância sobre o meu nível de escolaridade, sequer levarei em consideração. Afinal de constas, o Sr. deve ser do complexo PUSUSP, notoriamente conhecidos por produzirem pessoas do quilate de Marilena Chauí, Safatle, Boulos, Sakamoto e outros iluminados. Quanto a causa, por favor, não venha culpar a pobreza. A maioria das pessoas, eu incluso, são pobres, e nem por isso cometemos crimes. Ademais, se for partir dessa tese, matar, estuprar e traficar drogas, não mata a fome de ninguém. Furada para encerar, é permitir que assassinos reincidentes, traficantes de drogas e estupradores, continuem circulando livremente na sociedade, porque humanitários como o senhor entendem que todos merecem uma segunda chance. É muito bonito no papel. Na prática, são mais de cinqüenta mil homicídios por ano.

    Responder
    • Renato

      Em nenhum momento falei sobre seu nível de escolaridade. O que falei é que vc não estuda o assunto. Se estou doente procuro a opinião de um médico. Se quero construir uma casa procuro um engenheiro civil. Agora, se o assunto é criminalidade, pena de morte e tal, as pessoas costumam estudar direito penal e criminologia. Em geral fazem faculdade de direito e se especializam nessas áreas. Então, o que disse é que vc não estudou isso, não tem fundamento técnico e é palpiteiro. Não sei qual o seu nível de escolaridade e não me interessa.
      Quanto à sua suposta acusação de que eu sou do complexo PUSUSP (?????????), só tenho a dizer mais uma vez vc ignora o assunto debatido. Se procurar ler algum doutrinador alemão que trate de criminologia e direito penal vai ter a mesma resposta que estou te dando, lógico que com uma maior complexidade de argumentos.
      Ah! E vc coloca palavras na minha boca também. Me mostre aí onde culpei a pobreza. Ignorância sua achar isso. Temos um problema ético muito grave aqui no Brasil. Tanto que existe alta corrupção, não só no setor público, como no setor privado. O mesmo cara que fala mal do político que desvia dinheiro, quando vai declarar imposto de renda mente, sonega, incluí uma empregada que não tem. Isso é muito comum no Brasil.
      E se vc acha que não se deve combater a causa o que devemos combater então? Na sua cabeça o cidadão já nasce criminoso? Mais um vez vc se engana, se tivesse estudado o assunto saberia que existe um cara que defendia essa tese. O nome dele é Cesare Lombroso. Dois séculos atrás ele defendeu esse absurdo e há muito já foi provado que ele está errado.
      Agora, se vc acha que ciência não serve pra nada e o que vale é sua opinião, então continue pensando assim. Não sou eu vou ficar tentando te convencer.
      Enfim, vc está dando um palpite sem nunca ter estudado o assunto. Não sei qual a sua área de atuação, mas eu com certeza não vou ficar dando pitaco na sua área se não tiver pelo menos estudado a fundo o assunto.
      É isso. Se quiser continuar com sua agressão é só mandar ver, mas saiba que não convence ninguém com sua ira.
      Só pra finalizar. Tbm tenho dois casos de violência na minha família. Meu primo foi morto dentro de casa em um assalto. E um tio (outro, não o pai desse meu primo) era policial e foi morto em ação por traficantes. É revoltante? Concordo. Mas nem por isso posso deixar de pensar racionalmente e tentar procurar uma solução. o que vc sustenta é o direito penal da vingança, que já morreu há muito. Se vc estudasse direito penal e criminologia (em qualquer lugar do mundo) saberia disso.

      Responder
      • Pedro.

        Antes da decada de 60, POR EXEMPLO, o nível de escolaridade e o nível de carência de bens materiais eram muitíssimo maiores que atualemnte. Contudo, a bandidagem era incomparávelmente menor.

        Esta semana mesmo foi presa (e mais alguns dias será solta) uma adolescente de classe media abastada por rouibar apartamentos com outros bandidos adolescentes. Faz isso por gosto e não por lhe falatar bens materiais ou ecola de boa qualidade e nem mesmo usa drogas.

        A grande causa que fez auamentar a criminalidade e a CRUELDADE dos bandidos é o APOIO MORAL que estes recebem daqueles que covardes em demasia, temem revides e mesmo a cadeia. Sem ter outro meio para defenderem seus semelhantes, apelam para idiotices sentimentalóides e manipulaçõpes numa desesperada tentativa de combater o JUSTO REVIDE AOS BANDIDOS com quem simpatizam e nos quais sentem-se representados, sem conseguir colocarem-se no lugar das vítimas mas apenas no lugar dos bandidos.

        Um torcedor JAMAIS CONSEGUIRÁ ODIAR OS JUIZ QUE ROUBA A FAVOR DO SEU TIME!

        ISSO É DA NATUREZA HUMANA! …um torcedor tentará “entender o engano” do juiz isso se não simular o mesmo engano para defender o juiz que rouba a favor. Se, de tão flagrante o favorecimento no jogo, o torcedor do time beneficiado poderá, RACIONALMENTE, admitir que o juiz errou ou roubou. Porém, jamais conseguirá ODIAR aquele que FAVORECE o seu TIME, o TIME NO QUAL SE REPRESENTA. Otorcedor simpatiza com um time e por ele torce tentando nele se representar e USUFRUIR da GLÓRIA das VITÓRIAS de SEU TIME REPRESENTATE. Por isso NÃO CONSEGUE SENTIR ÓDIO de quem FAVORECE SEU TIME, mesmo que, sem outra opção, tenha que reconhecer tal favorecimento e admitir errado, mas não conseguirá odiar o seu time ou quem o favorece.

        Por outro um torcedor FACILMENTE SE EMOCIONA CONTRA o JUIZ que ROUBA CONTRA SEU TIME. …Isso é da natureza humana: as emoções não são perfeitamente controláveis. Ninguém conseguiorá odiar aquele que ERRA em SEU FAVOR. …É DA NATUREZA HUMANA!!!
        …mas facilmente desperta em si emoções de ódio àqueles que desfavorecem seu time.

        Um recalcado cheio de ódio contra uma MERITOCRACIA tende a SIMPATIZAR com BANDIDOS. Afinal, BANDIDOS SÃO DESTRUTIVOS e um vaidoso recalcado odeia a sociedade em que ele não consegue ostentar-se igual ou superior aos efetivamente virtuosos. Assim, TORNA-SE OBSCURANTISTA e PASSA A DEFENDER TUDO QUE É NOCIVO À SOCIEDADE QUE ODEIA, QUE O FRUSTRA. Desta forma, facilmente consegue se identificar com o facínora que é destrutivo e que causa sofrimento aos virtuosos (eles os querem atacando sobretudo os que ostentam virtudes: ricos, belos e felizes). Assim, passam a “entender” somente os bandidos sem conseguirem se ver no lugar das vítimas. E logicamente, em seu desespero para aceitar, perdoar e justificar bandidos e facínoras que “os vingam contra a “sociedade que não os reconhece superiores”. Vai daí as ACUSAÇÕES COLETIVISTAS CONTRA A SOCIEDADE CAPITALISTA, DESIGUAL E BLÁ BLÁ BLÁ!!!!

        …O invejos, recalcado, odeia a sociedade e as pessoas felizes. A inconformidade ao se ver superado por outros tende a faze-lo tentar imitar estes outros e se não for capaz os odiará ainda mais. É fácil perceber, por exemplo, um invejoso que se endivida para comprar um carrão e assim “não ficar atras” de seu vizinho ou algum parente. Ele quer ser melhor ou igual perante a opinião alheia. Sua vaidade é ferida ao ver que outros podem se ostentar com mais virtudes. Daí que a VAIDADE tende a valorizar a aparência e não a essência. Afional, o VAIDOSO quer opiniâo favorável no meio, ALHEIA E NÃO A PRÓPRIA. Assim, seu objetivo é aparentar ou ostentar-se segundo aquilo que imagina o valorizará perante a opinião ALHEIA.

        ENTÃO, SE NÃO É CAPAZ NEM MESMO DE APARENTAR O QUE EM OUTROS RECONHECE VIRTUOSO, o invejoso ODEIA o VIRTUOSO COM TODAS AS FORÇAS DO SEU SER.
        Como não é capaz de ostentar superioridade ou igualdade, ANSEIA A DESTRUIÇÃO DA IMAGEM ALHEIA QUE OFUISCA A SUA PERANTE O JULGAMENTO DOS DEMAIS.

        Em seu desespero e ódio contra os virtuosos que, em sua mente doentia, o depreciam com as virtudes que fazem crer possuir, os invejosos CONCEBEM UMA MORAL PARA SI A FIM DE DEMERECER AS VIRTUDES ALHEIAS e LANÇAR ACUSAÇÕES DEPRECIATIVAS CONTRA OS VIRTUOSOS EM SUAS VIRTUDES.

        Assim, a INVEJA INVENTOU que:

        – que a mulher bonita é burra, numa tentativa de, por oposição binária, induzir que a feia tende a ser inteligente. …assim tentam consolarem-se atribuindo um defeito a quem ostenta uma virtude.

        – que o homem bonito é gay.
        – que os ricos são maus.
        – que o homem forte é burro.
        – que o estudioso é um “mané CDF”.
        – que os nerds são bobos e não “pegam” ninguém. Espertos são os imbecis, os fracassados.
        – A idéia do “malandro carioca” foi um meio de glamurizar o vagabundo que era ostensivamente inferiorizado pelo trabalhador. Assim:
        o trabalhador é um otário e o inútil vagabundo é que é o esperto, o “virtuoso”.

        Tudo pode ser bem percebido na fabula da RAPOSA e asUVAS!!! …Uma inegável realidade daqueles que, de TÃO VAIDOSOS, NEGAM-SE A CEITAR A REALIDADE QUE OS LIMITA e que LHES EXIBE OUTROS MAIS VIRTUOSOS a concorrer pela OPINIÃO ALHEIA.

        EIS A INVEJA EM TODA A SUA FEIURA!!!!

        É preciso APRESENTAR ESPELHOS PARA OS INVEJOSOS, a fim de que NÃO FIQUEM MIRANDO-SE EM FOTOGRAFIAS melhoradas com o PHOTOSHOP das MORAIS IDEOLÓGICAS, estas arbitradas para a sedução e corrupção dos vaidosos, recalcados e invejosos.

        Responder
  2. Manuel

    Procurei na lista abaixo entre 50 cidades mais violentas do mundo, as cidades dos Estados Unidos no ranking: Detroit na vigésima quarta posição, estado do Michigam, aboliu a pena de morte em 1846, Baltimore na trigésimo sexta posição, estado Maryland, aboliu a pena de morte em 2013, Saint Louis, estado Illinois, aboliu a pema de morte em 2011, segue a tabela: http://www.infomoney.com.br/minhas-financas/turismo/noticia/3693193/cidades-mais-violentas-mundo-brasil-tem-lista.
    Lista dos estados dos EUA onde a pena de morte é aplicada e também os estados que aboliram.
    : http://en.wikipedia.org/wiki/Capital_punishment_in_the_United_States.
    Na lista somente New Orleans na vigésima sexta posição, estado da Lousiana, ainda aplica a pena de morte.

    Responder
  3. Outro Renato!... Anti-socialista!

    Essa constituição e esse código penal NÃO SÃO NOSSOS!!!… NÃO SÃO AUTÊNTICOS!… TEM DE SER DERRUBADOS!!!

    ISSO NÃO FOI FEITO PELO POVO BRASILEIRO, QUE É A FAVOR DA PENA DE MORTE, A FAVOR DO ARMAMENTO E CONTRA RECURSOS DE PRESOS VIOLENTOS!…
    A CONSTITUIÇÃO LEGÍTIMA, EMANA DO POVO!!!… ESSA CONSTITUIÇÃO EMANOU DOS ACORDOS DO SARNEY!!!

    FIM DO SOCIALISMO NO BRASIL E PENA FINAL, JÁ! ( PERPÉTUA ATÉ EXECUÇÃO)

    Responder
  4. Alexandre Sampaio Cardozo de Almeida

    São Paulo, 25 de janeiro de 2.015

    Pois é Sr. Renato, ainda bem que a nação possui intelectuais como o Sr. Afinal de contas, 70 porcento da população brasileira é favorável a prisão perpétua e a pena de morte. E sabe por que? Porque são ignorantes como eu, ignorantes que pagamos com nossas vidas e de nossos familiares, a impunidade de menores e maiores de idade que matam, estupram e traficam drogas. Mas felizmente, a nação possui pessoas com o seu intelecto, para conduzir candidamente os ignorantes como eu. Quando alguém de sua família for estuprado como aconteceu na minha, ou quando perder um ente querido como acontece aos milhões de ignorantes que desejam que as cláusulas pétreas de uma Constituição de merda, que favorece a bandidagem de forma absurda, volte aqui para comentar. Sabe o que acontecerá com esse rapaz de dezessete anos que matou um delegado, foi preso duas semanas depois assaltando um estabelecimento? Ficará alguns meses na Fundação Casa, sairá com a ficha criminal limpa e continuará roubando e matando. Mas graças à Deus, temos o intelecto superior do Sr. Renato, para resolver a questão. Pimenta no cu dos outros é refresco!

    Responder
    • Renato

      “Ótimos” argumentos, mas se vc estudasse saberia que a pena de prisão é recente no direito penal. Antes a prisão se dava até o julgamento que na grande maioria das vezes decretava a morte do condenado. E isso em nenhum momento da história se demonstrou eficiente no combate à criminalidade. Ou seja, a sua proposta não tem fundamento técnico, é a sua opinião.
      Mais, se vc olhar, recentemente foi divulgada lista das cidades mais violentas do mundo. Entre elas duas cidades dos EUA, que ficam em estados que ainda têm pena de morte.
      E para seu argumento da maioria, digo que o PT se elegeu agora pq a maioria decidiu. Logo, se vc diz que sua opinião é correta usando o argumento de que 70% da população é favorável à pena de morte, está dizendo tbm que o governo do PT é bom pq foi a maioria que quis.
      É só vc estudar lógica que vai ver que seu argumento da maioria é furadíssimo.
      A questão realmente não é simples de se resolver, mas garanto que o caminho que vc quer tomar é uma grande furada. O ideal seria atacar a causa e não a consequência, mas pessoas como vc nunca vão entender o que isso significa.

      Responder
      • Pedro.

        Veja só Renato o seu moderno raciocínio culto.

        Você deveria advogar que os sonegadores de impostos não devessem ser penalisados de forma alguma. Por que vingar-se dos sonegadores, que enganam o fisco por um tempo, prendendo-os e cobrando-lhes multas milionárias?

        Isso é uma crueldade! …uma barbarie.
        Afinal, está mais que provado que cobrar multas e prender sonegadores não resolve a questão. Isso se fazia antigamnente também, onde eram presos os sonegadores.

        Aliás se a pena de morte não resolve, a pena de prisão também não. Talvez fosse o caso de internar os bandidos em Hotéis 5 estrelas durante alguns meses dando-do-lhes assistencia psicológica para se recuperarem e tornarem-se trabalhadores pagadores de impostos vivendo em casebres, conjugados ou residencias modestas ou mesmo confortáveis pelas quais terão que serem muito uteis aos demais para obterem a renda para sustentarem-se em tal conforto.

        caso os bandidos reincidissem no crime, seriam condenados a alguns anos e não mesmes em hoteis 5 estrelas ou resorts luxuosos para se recuiperarem pelo amor e carinho e não pelo castigo. Afinal, castigo é coisa anacrônica, ultrapassada.

        ..Eu concordo com isso, desde que aqueles que pagarão por esse moderno e culto modo de recuperar bandidos seja custeado exclusivamente por defensores de bandidos. Assim, estes moderníssimos defensores de bandidos, a eles simpaticos e empaticos, usariam sua, com certeza, útil cultura para obterem alta renda e poderem usa-la para custear modrnamente e cultamente a estadia de bandidos em local apropriado para recuperação.

        Responder
        • Renato

          Gênio vc. Deveria ganhar um prêmio nobel.
          Se vc soubesse ler entenderia que eu disse que a solução está na causa e não na consequência. Em nenhum momento defendo a impunidade.
          Mas acho que vc é um analfabeto funcional.

          Responder
          • Pedro.

            Ô Renato,
            me diz ai qual a razão de não teres respondido o meu comentário feito à tua asnática asneira mais acima????

            …rsrs
            Qual é a causa da criminalidade que deve ser combatida, então?

            Como combatê-la. …rsrs

            …rsrs

            Responder
            • Renato

              Vc é alfabeto funcional mesmo. Leia de novo meus comentários. Agora me diga qual é a causa?
              Não. Não me diga não. Não vou mais perder tempo com vc. Vai estudar um pouco. Estudar mesmo e não ficar pesquisando no google. Tenho plena certeza que vc nunca estudou o assunto e é palpiteiro, mas gosta de achar que sua “experiência” trouxe uma sabedoria que torna desnecessário que vc leia algum livro para entender de algum assunto.
              Parabéns. Continue assim.

              Responder
            • Renato

              Cara. Vou perder mais um tempinho aqui sim. Já que vc tem problema de interpretação de texto. Eu não sou a favor da impunidade e não acho que deve haver a repressão ao crime. O que acho é que isso não basta se não se atacar a causa. Isto pq se vc só ficar na repressão vai ter mais gente na cadeia do que solta do jeito que a coisa anda. Seria mais ou menos o que acontece no Alienista de Machado de Assis 9será que vc sabe quem é Machado de Assis?). Então, por isso é necessário que tbm se atue na prevenção, e uma das formas é procurar a causa. Se vc tivesse lido o que escrevi veria que eiu disse que temos um grande problema ético aqui. Isso é um problema social e só melhora com educação. Uma sociedade mais ética tem uma menor criminalidade, pq a pessoa não vai delinquir pq não acha aquilo correto. Se eu não mato alguém não é pq tenho medo de ser preso, ou medo de Deus me punir. Não mato simplesmente pq respeito a vida do próximo. Não roubo pq respeito a propriedade do próximo. Respeito os limites. Agora, na nossa sociedade em que em rede nacional um programa de tv estimula o “pedala robinho”, incentivando o cidadão a dar um atapão na nuca do outro. Pra mim isso é uma carta branca pro cidadão desrespeitar o próximo. E sabemos que nossa sociedade é assim. Nego fura fila, ultrapassa pelo acostamento, compra gatonet, e mais um monte de pequenas coisas que mostram que temos uma sociedade muito torta. Cada vez mais as famílias delegam a educação para a escola e não fazem sua parte em casa. É uma série de fatores. Ou vc acha que as pessoas nascem criminosas? Se acha isso eu te dou o mesmo conselho que dei ao outro desavisado que escreveu por aqui. Vá procurar saber quem é Cesare Lombroso.
              Entre outras coisas é isso que eu acho. Não dá pra ficar aqui escrevendo um livro tbm.
              Agora, já que vc é o grande sábio, me aponte a causa da criminalidade na sua concepção. Que eu saiba não existe consequência sem causa. Vamos lá. Me diga.

              Responder
            • Pedro.

              PÔ Renato!
              Renato! Pô!

              Vou fazer um copy past para você e peça a alguém ou ao seu professor de primeiro grau filiado ao PT para ler para você.
              Aí vai o que eu copiei e colei lá do MEU comentário que perguntei porque vc não comentou …rsrsrs:

              “Antes da decada de 60, POR EXEMPLO, o nível de escolaridade e o nível de carência de bens materiais eram muitíssimo maiores que atualemnte. Contudo, a bandidagem era incomparávelmente menor.”

              Aí acima esta logo o PRIMEIRO paragrafo que escrevi! …e continuei:

              “Esta semana mesmo foi presa (e mais alguns dias será solta) uma adolescente de classe media abastada por rouibar apartamentos com outros bandidos adolescentes. Faz isso por gosto e não por lhe falatar bens materiais ou ecola de boa qualidade e nem mesmo usa drogas.”

              Agora vou realçar para você e seu prof. do ensino fundamental que te doutrina.
              (sinceramente acho que vc é um adolescente que anda sendo doutrinado por profs recalcados, como explico):

              “A grande causa que fez aumentar a criminalidade e a CRUELDADE dos bandidos é o APOIO MORAL que estes recebem daqueles que covardes em demasia, temem revides e mesmo a cadeia. Sem ter outro meio para defenderem seus semelhantes, apelam para idiotices sentimentalóides e manipulaçõpes numa desesperada tentativa de combater o JUSTO REVIDE AOS BANDIDOS com quem simpatizam e nos quais sentem-se representados, sem conseguir colocarem-se no lugar das vítimas mas apenas no lugar dos bandidos.”

              Ora, ora esta é a causa que fez aumentar a criminalidade, mané!
              Veja bem que antes do ECA os menores eram uma minoria de bandidos e cometiam pequenos crimes no geral. Atualmente, com o ECA os menores DE TODAS AS CLASSES ECONÔMICAS e ESCOLARES se ENTREGAM GOSTOSAMENTE AO CRIME PORQUE SE SABEM IMPUNES!!!

              Isso é fato! …não conversa mole de professor de primeiro garu cheio de recalques, não. Fala pro teu professorzinho que ele é um bosta, burro e recalcado.

              A ÌNDOLE do indivíduo com o incentivo da impunidade e do APOIO MORAL que lhes é dado inclusive por sujeitos de índole ruim, mas demasiado covardes, que incentivam e apoiam moralmente os bandidos cuja índole ruim é mais ousada, nem tão medrosos.
              É O APOIO MORAL E AS JUSTIFICATIVAS PARA OS BANDIDOS SOMADO À IMPUNIDADE QUE INCENTIVA O BANDITISMO.

              Em meados do século os pobres não tinham instrução, quando muito sabiam ler e escrever e olhe lá; as carências materiais eram imensas, pois que ter geladeira era luxo (um bem de primeirissima necessidade).
              Hodiernamente os pobres têm smartphone, TVs e geladeira.

              Há sujeitos que para serem perfeitos ASNOS só faltam-lhes os chifres!!! …rsrs

              fala isso pro teu doutrinador lá na tua escola …hehehe!

              Responder
              • Renato

                E aí, Pedroca. Quase meia noite e vc não voltou aqui. Que pena. Estou saindo de viagem para minhas tão esperadas férias e vou ficar em um lugar maravilhoso por quase um mês, mas que (propositalmente) não tem internet. Sentirei saudades, mas daqui a um mês volto aqui pra ver o que vc escreveu de tão interessante.

                Responder
              • Renato

                “Em meados do século os pobres não tinham instrução, quando muito sabiam ler e escrever e olhe lá”
                Ah! E vc ainda não aprendeu a diferença de instrução e educação, não é filhotinho de ASNO?

                Responder
              • Pedro.

                …mas voce não respondeu qual a causa e qual a solução, Renatinho.
                Ainda estou aguardando sua resposta OBJETIVA, com clareza.
                Quero me rir mais.

                O desafio esta lançado!
                …mas você já se esquiva antecipadamente. …rsrs
                …o legal da coisa é ver um pivete meido a besta ser obrigado a fugir com uma desculpa esfarrapada. Um pivete que acha que há leis até acima de constituintes …PQP!!! …Asnos não têm chifres, logo, NÃO FALTA NADA …rsrs

                Aproveite para perguntar a seu professorzinho doutrinador.

                Responder
  5. Renato

    hããã!!! Enquanto certas cláusulas pétreas não forem derrubadas? Cláusula pétrea e derrubar são palavras que não deveriam estar na mesma frase. Estudar um pouco faria tão bem a essa gente ignorante que se mete a palpitar sobre assunto que não domina.

    Responder
    • Pedro.

      Assim eu começo a duvidar da sua cultura, Renato.

      Pô! Clausulas pétreas podem ser derrubadas em novas constituições.

      Assim eu fico decepcionado com os colégios onde você estudou. Ou pior, começo a duvidar da sua capacidade cognitiva …rsrs.

      Constituições não são eternas, Renato. Basta convocar-se uma constituinte e derrubar clausulas pétreas.

      Francam,ente, Renato. Vá estudar e se alimentar melhor a fim de se permitir entender melhor aquilo que vir a estudar.

      Responder
        • Pedro.

          Nossa!!!
          Os teus argumentos precisos bem demonstram quanto é culto e inteligente.

          Uma argumentação desta só poderia ser de um grande jurista. Estou desfeito diante da tua sabedoria e argumentos imbatíveis. …rsrs

          PQP!

          Responder
          • Renato

            Já vi que procurou no google mesmo. Procura algum bom livro e estuda o princípio da vedação ao retrocesso social.
            Mais incrível é vc falar sobre argumentos, já que não apresentou algum.
            Vc é muito burro mesmo.

            Responder
          • Pedro.

            …Valeu pelas boas risadas que me proporcionaste. …rsrs

            Veio todo pimpão achando que ia abafar, saiu mandando os outros estudarem e é só um adolescente bocó que foi doutrinado por um prof petista e recalcado. …rsrs

            PQP!!!! …Pô Renatinho!!!
            Renatinho, pô!!!!

            Eu é que mando você não só ir estudar, mas sobretudo ir se nutrir melhor e exercitar a mente para começar a pensar.
            PQP!!! …O bom de ler as asneiras de bocós tontos que são doutrinados por professorzinhos recalcados é que o riso é garantido …PQP!!! …PQP!!! PÔ Renatinho, pô!!!! …rsrs

            Responder
            • Renato

              Pode dar risada à vontade. É isso que faz a falta de argumentos. O cara estuda pelo google e quer achar que é sabedor de alguma coisa.
              De qualquer maneira, mesmo que fosse realmente possível uma nova constituição instituir a pena de morte, isso não irá acontecer pq a nossa CF é de 1988. Não creio que vc na sua vida ainda verá alguma nova constituição no Brasil. Então, resta a vc chorar no seu travesseirinho, junto com os jumentos que te acompanham, já que nem se prestar a estudar vc tem coragem.
              Na verdade é vc que é motivo de risadas, pq eu não inventei a cláusula pétrea, não inventei a vedação ao retrocesso social, e não foi nenhum petista que inventou isso pq não surgiu aqui no Brasil. Mas vc não sabe disso e insiste em chamar de petista qqer um que discorde de vc.
              Então Pedrinho, Cresça um pouco que o adolescente aqui é vc.

              Responder
  6. Alexandre Sampaio Cardozo de Almeida

    São Paulo,24 de janeiro de 2.015

    Pois é…, e a tendência é a coisa piorar. ECA e agora essa imbecilidade da Lei da Palmada, somando-se com a incapacidade das pessoas de criarem seus filhos, tornarão esse país em uma verdadeira zona de guerra. Enquanto certas cláusulas pétreas da Constituição Federal não forem derrubadas, como a instituição de prisão perpétua e a aplicação da pena capital, os “dimenor” e a bandidagem em geral continuarão tocando o terror.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *