O governo Temer está maluco

Nada mais perigoso para as ações do governo do que as notinhas plantadas pelo núcleo duro do presidente Michel Temer sobre a esperança de reverter as taxas de popularidade com a retomada do crescimento econômico.

No cenário mais otimista possível, se o governo fizer tudo certo e se por um milagre, até o dia 31 de dezembro de 2018, o Brasil conseguir um ‘crescimento chinês’, a renda do trabalhador ainda estará inferior a renda registrada em 2010. E, agora que a taxa de desemprego começa a dar sinais de diminuição, o desemprego ainda estará na casa dos dois dígitos com ou sem filtro do IBGE. E, se a indústria voltar a níveis de atividade pré-crise, nosso parque industrial ainda estará em níveis dos anos JK de participação no PIB. Resumindo: se tudo der certo, o Brasil continuará destruído com alta taxa de desocupação e com o poder de compra corroído.

O melhor que o governo Temer e seus assessores puxa-saco têm a fazer pelo país é deixar de se iludir e medir ações pelo nível de popularidade. O governo não vai se recuperar, quanto mais rápido ele entender isso, melhor para o Brasil.

Michel Temer (PMDB), presidente da República

Revisado por Maíra Pires @mairamacpires

Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *