Nêumanne no Roda Viva: “Temer é um imbecil e um bandido da quadrilha do Lula”

O Roda Viva desta segunda-feira teve momentos muito interessantes, especialmente aqueles protagonizados por José Nêumanne Pinto, um dos maiores e mais honrados jornalistas do país.

Após um jornalista defender o presidente por seu envolvimento com Joesley Batista, Nêumanne fez a análise precisa sobre o relacionamento e encontro clandestino entre ambos: Temer foi no mínimo um ‘imbecil’ por receber um bandido na Presidência além de ser membro da quadrilha de Lula. Temos defendido essas teses há bastante tempo neste site. É uma imensa satisfação ver tais palavras sendo ditas em rede pública e aberta de televisão para quase todo o país. Ainda mais por isto acontecer diante do estupefato jornalista.

Loading...

5 comentários para “Nêumanne no Roda Viva: “Temer é um imbecil e um bandido da quadrilha do Lula”

  1. Pedro

    Quem estava ali falando era um cidadão revoltado com a avacalhação do Temer. Todos pensavamos que o Impeachment iria moralizar os políticos um pouco… Mas temos de constragê-los ainda mais, é a nossa única arma.

    Responder
  2. Pantafernando (@Pantafernando)

    Acho covardia se utilizar da profissão do jornalismo para ofender outros, no caso o Temer.
    Esse moralismo barato não leva ninguém a lugar nenhum.
    O trabalho desse senhor é apurar os fatos, assim, ao invés de ficar ofendendo aos outros, seria mais produtivo ele mesmo buscar as provas irrefutáveis para derrubar Temer, ao invés de vir com esses chavões produzidos pela esquerda, e vomitado pelos outros como atestado de moralidade.

    Responder
    • Da CiaDa Cia

      Ele é jornalista e também comentarista. Qualquer pessoa normal que não se sinta enojado com os atos políticos recentes precisa urgentemente rever seus valores morais.

      Responder
      • Pantafernando (@Pantafernando)

        A boa e velha tática de shaming… Boa mas não funciona bem com quem entende pelo menos o básico de política.

        Respeito quem se diz (e é honesto nisso) contra a corrupção. De fato, corrupção é a degradação do valor humano.

        Mas acho um equívoco cair nessa temática de “guerra contra a corrupção” pois isso só serve como uma cortina de fumaça. Se todos são corruptos, os únicos que se favorecem são MAIS que corruptos.

        No Brasil se perde muito tempo discutindo moralidades e sensibilidades. E ninguém realmente se dedica a discutir o que de fato destruiu esse país. Foi a corrupção? Não. Se o Brasil fosse comandado inteiramente por corruptos, não chegaríamos tão baixo. Se chegamos onde chegamos, é porque fomos comandados por corruptos E bolivarianos (esquerdistas e simpatizantes).

        Corrupção destrói o valor das pessoas, mas nada destrói mais as pessoas quanto esse populismo esquerdista. E enquanto todos lutam contra a corrupção, ninguém percebe que as esquerdas se reorganizam, e acabam se filiando ao movimento Fora Temer, que tem o DNA inteiramente petista.

        Temer tem uma virtude que eu reconheço, e por isso o apoio e não me sinto “enojado” por falar isso: depois de mais de 20 anos de governos esquerdistas e simpatizantes (FHC, Lula e Dilma), reconheço o Temer como um governante de centro. Pragmático. Ele não é de direita. Mas certamente não é de esquerda do contrário não estaria movendo a agenda das reformas. Ele as faz por pragmatismo. E só por isso eu o apoio. Entre um corrupto de esquerda e um de centro, defendo o corrupto de centro, enquanto não se traz um representante viável de direita.

        E devolvendo sua técnica de shaming, se qualquer um que se diga de direita se filiar com movimentos legitimamente petistas, esse sim realmente precisa rever urgentemente seus valores morais. Ou simplesmente comprar uma camisa vermelha e ir queimar pneus na paulista.

        Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *