Nem o PT acredita que Lula conseguirá ser candidato antes das condenações

Todo mundo sabe que o ex-presidente Lula (PT) vai chegar nas eleições de 2018 como réu no STF (impedido de assumir a presidência) e condenado pela 13ª Vara Criminal de Curitiba com decisão colegiada confirmada pelo TRF-4. Mesmo assim, as viúvas do lulismo na imprensa tratam o ex-presidente petista como uma força política normal capaz de assustar os adversários. A realidade é que Lula não conseguirá nem mesmo registrar sua candidatura, até os petistas já admitem.

Na Folha:

“A cúpula do PT não acredita mais na possibilidade de o ex-presidente Lula chegar a agosto de 2018, quando ocorre o registro de candidaturas, sem condenação colegiada que o deixe inelegível. Creem que o petista deve ser sentenciado por Sergio Moro em até quatro meses. O Tribunal Regional Federal leva, em média, só 120 dias para analisar recurso — e mantém ou amplia a pena em 70% das decisões do juiz. Para que ele dispute o Planalto, a sigla aposta em liminar a ser obtida no STF ou STJ. (…) Trecho do artigo 26 da Lei da Ficha Limpa prevê que tribunais superiores podem suspender a inelegibilidade por liminar se considerarem o recurso do réu plausível. O PT quer manter Lula em alta nas pesquisas até lá, para ter os números como instrumento de pressão.”

Revisado por Maíra Pires @mairamacpires

Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *