Morreu Charlie Gard, o lindo bebê

O bebê Charlie Gard morreu há poucas horas em Londres, uma semana antes de completar um ano de vida. Os pais divulgaram a notícia em um comunicado brevíssimo: “Our beautiful little boy has gone, we are so proud of you Charlie.

Como noticiado anteriormente, Charlie Gard foi vítima de uma das mais nefastas decisões tomadas pelas instituições tidas por modernas, humanistas e justas do Ocidente. Diante da doença rara do bebê, o hospital decidiu que não valia mais a pena mantê-lo vivo ligado a aparelhos. Já os pais achavam que era possível tentar um tratamento nos EUA. O caso virou uma batalha na Justiça inglesa, iniciada em março, que decidiu que o hospital poderia para dar fim à vida do bebê. Os pais apelaram da sentença e conseguiram levar o caso até a Corte de Direitos Humanos da União Européia, que também lhes tirou o direito de decidir pela vida do próprio filho.

Enquanto apelavam pelo direito ao tratamento de seu bebê, o tempo passava e o caso ganhava repercussão. Quando se tornou famoso no mundo inteiro, o hospital deu uma nova chance aos pais de provarem que seu filho poderia melhorar. Foi chamado um especialista dos EUA, além de um observador do “Hospital do Papa”, para examinarem o bebê. Após algumas observações, constatou-se que devido ao longo tempo de inação, sua vida se tornara inviável. Os pais se deram por vencidos e a morte de Charlie Gard se consumou.

Vejam as notícias anteriores sobre o caso em nosso site.

 

Loading...

4 comentários para “Morreu Charlie Gard, o lindo bebê

  1. Alisson Cleiton

    “…Corte de Direitos Humanos da União Européia”.. O que há de mais perverso, desumano, podre e corrupto existe nessa corte formada, tão somente, de demônios de gravata.. Não é certo um cristão sentir ódio, mas eu não consigo parar de sentir isso quando leio esse tipo de matéria.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *