Marvel demite desenhista muçulmano que inseriu ataques a judeus e cristãos em HQ dos X-Men

Há três dias divulgamos por aqui o caso do desenhista da Marvel que inseriu mensagens contra judeus e cristãos em uma edição dos X-Men.

Pois bem, a Marvel fez o necessário: o demitiu. Após o anúncio, Ardian Syaf usou sua página em uma rede social para dizer que sua carreira agora está encerrada, mas horas depois apagou o post. Bobagem, o que não falta por aí é oferta de trabalho para quem se dedica a atacar os valores alheios desde que entre os alvos não esteja nenhum grupinho de esquerda.

Relembrem o caso:

http://reaconaria.org/blog/reacablog/desenhista-muculmano-insere-mensagens-contra-cristaos-e-judeus-em-hq-dos-x-men/

Revisado por Maíra Pires @mairamacpires

Loading...

2 comentários para “Marvel demite desenhista muçulmano que inseriu ataques a judeus e cristãos em HQ dos X-Men

  1. Pedro Rocha

    Se fosse só contra cristãos, duvido que algo tivesse acontecido. No mundo, os judeus são a minoria mais protegida da centro-direita à parte da extrema-esquerda até mesmo por conta da afinidade e aliança entre sionismo e marxismo e do poder de influência de clãs judeus no sistema financeiro e na mídia – automaticamente refletindo no sistema político.

    A parte da extrema-esquerda que destoa é são setores da vertente stalinista (que é bem forte no Brasil) e a Baath (socialismo islâmico), que se fortaleceu com o orientalismo disseminado na própria esquerda.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *