Marcelo Odebrecht é moído em depoimento ao juiz Sergio Moro. Compilamos os melhores momentos

Pelo tom que Marcelo Odebrecht adotou, fica a impressão que as considerações iniciais do depoimento seriam usadas como peça de propaganda contra a Lava Jato. Felizmente, o juiz Sergio Moro cortou o barato do empreiteiro.

Compilamos em seis vídeos curtos, com menos de um minuto, os melhores momentos. Assista:

Parte 1: Interceptações telefônicas de familiares

Parte 2: Contas no exterior

Parte 3: Direito de defesa

Parte 4: O direito de permanecer calado

Parte 5: Transferências internacionais da Odebrecht

Parte 6: Procurador truca Odebrecht em relação às contas suíças

É fácil entender depois desse depoimento a catarse coletiva que os procuradores da Lava Jato, o juiz Sergio Moro e os agentes da PF causam no Brasil.

Assista ao depoimento completo clicando aqui.

morozgvnc_file

Loading...

21 comentários para “Marcelo Odebrecht é moído em depoimento ao juiz Sergio Moro. Compilamos os melhores momentos

  1. Sergio Mendes

    BBRASIL RECUPERADO, acho que o Sr. viu outro vídeo ou não está com as faculdades mentais normais. Tente ir a um médico psiquiatra e talvez ele lhe diagnostique com algo, boa sorte e melhoras para o Sr.

    Responder
  2. Poliana dos Santos Martins

    O ÚNICO COMENTÁRIO QUE IREI FAZER AQUI É ESSE: O JUIZ SERGIO MORO É UM JUIZ FEDERAL, ELE SABE O QUE FAZ, O QUE PERGUNTA…VEJO UM MONTE DE COMENTÁRIOS AQUI DE PESSOAS QUE ATÉ PARECE QUE TEM CONHECIMENTO ALGUM DESSE MEIO JUDICIÁRIO! NÃO SABEM O QUE ESTÃO COMENTANDO E PIOR SENDO INDUZIDOS PELO ÓDIO OU REVOLTA! SEJAMOS ARRAZOADOS! ELE É UM JUIZ!

    Responder
  3. Rock

    Já no primeiro vídeo o sr. Marcelo e cortado em sua resposta é óbvio que esse Juiz Moro esta mais a fim de fazer circo do que justiça na sua ânsia de fazer o nome esta cometendo muitas injustiças.

    Responder
  4. Hugo Braule

    Colocar uma acusação contra o Marcelo Odebrecht onde o juiz pergunta mas não tem prova de coisa alguma, sem dar a possibilidade de comentário nos post, no facebook, como se sua verdade espúria e falsa fosse a verdade dos fatos, eu bloqueio o autor.

    Espero que aprendam. Acusar alguém perguntando se ele enviou dinheiro p’ra Suíça, não é acusação. É especulação tentando obter uma confissão pública num questionário que os promotores levaram meses para elaborar e vem tentar uma pegadinha filmada em público tentando obter uma “confissão” de afogadilho.

    O nome disso é palhaçada jurídica e não um interrogatório probatório. Não há provas, só “fulano disse”, “alguém falou com alguém”.

    Marcelo Odebrecht já havia respondido a todas as perguntas, por escrito e o juiz tenta uma encenação filmada.

    Faça-me rir.

    A mim, não enganam.

    Disparam esse poste factóide no Facebook que não abre para comentários. Vocês são muito espertos.

    Mas eu, sou velho.

    Outra coisa. Marcelo Odebrecht é executivo profissional de uma das maiores empresas do mundo. Quero saber qual empresa em algum lugar não soltou dinheiro em qualquer lugar do planeta.

    Responder
  5. Djalma Marins

    Como pode um malandro quadrilheiro deste, ainda se manter com tanta prepotência! Em qualquer outro País, um pouco mais sério, este pilantra levaria uns tapas na cara por parte até de populares, vítimas de sua sanha bandida.

    Responder
  6. Wellington Alves

    Eu havia visto o vídeo completo e também tive claro que era essa a estratégia deles, falar todo aquele texto inicial sem interrupção para que parecesse qeu o Marcelo arrasou com a Lava Jato e deixou o juiz humilhado. Quando Sérgio Moro fazia as interrupções, ele ficava meio perdido, quebrava o clima, e teve de apelar para que o deixasse completar para não perder a linha de raciocínio!
    Depois não quis responder oralmente porque não saberia repetir as respostas escritas junto com os advogados, dizendo que era para não se expor a uma imprensa opressora. Aff
    Quiseram dar um de espertos com todas aquelas respostas “perfeitinhas” rebatendo as acusações, mas o tiro sairá pela culatra. Pois não terão como negar as mentiras registradas por eles próprios alí por escrito quando forem desmascarados.

    Responder
  7. Ana Luiza Varnesse

    Responder por escrito é uma coisa. Estar ali diante do grande homem que é o juiz Sérgio Moro é outra. O “Príncipe” gaguejou, tentou dissimular, se desviar do assunto e até se calou diante das acusações que lhe pesam. O cidadão brasileiro que diariamente é espoliado por tipos iguais a este, pertencentes à malta do PT, aplaude a competência do Juiz e dos procuradores. Desejamos que breve seja o Lula a sentar-se naquela cadeira, já com a prisão preventiva decretada.
    Felizmente, apesar dos corruPTos, ainda existem homens valorosos no Brasil.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *