Maia se considera presidenciável para as próximas eleições

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), provavelmente não será reeleito em 2018. Se, em 2014, a onda de renovação na Câmara dos Deputados atingiu 43,7%, com a Lava Jato esse índice tende a aumentar. Maia é alvo de dois inquéritos que investigam repasses ilegais da OAS e da Odebrecht.

Ao negar que pretende ocupar agora a cadeira de presidente da República, o deputado tem dito a interlocutores que seu projeto é o governo do Rio de Janeiro, outra oportunidade para os cariocas deixarem Maia sem mandato.

Em entrevista ao jornalista Roberto D’Ávila, da GloboNews, Rodrigo Maia declarou: “É óbvio que chegar onde cheguei já me coloca, daqui duas, 3 eleições, como uma alternativa [ao Planalto], mas, no curto prazo, acho que a Presidência da Câmara já me dá a possibilidade de realizações que nunca imaginei que pudesse realizar.”

É óbvio?

Rodrigo Maia (DEM), presidente da Câmara dos Deputados

 

Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *