Macron, em reunião com 170 embaixadores, declara que Venezuela é ditadura

O presidente francês Emmanuel Macron colocou com prioridade de sua política externa a resolução do conflito venezuelano. Já a OEA continua dependendo da morosidade de Aloysio Nunes (PSDB) para condenar o ditador Maduro.

“(Estadão) O presidente da França, Emmanuel Macron, definiu nesta terça-feira, 29, o regime em vigor na Venezuela como “ditadura”, definindo a forma como o país será tratado daqui para a frente. A declaração foi feita em discurso aos 170 embaixadores franceses no mundo, reunidos em Paris para o encontro anual que estabelece as prioridades da política externa nacional. Macron disse ainda que será necessário trabalhar com os governos da América Latina e da Europa para evitar uma “escalada regional”.

A reunião entre o chefe de Estado e seus embaixadores pelo mundo é uma tradição da política externa na França. Macron pronunciou seu primeiro discurso aos representantes diplomáticos nesta terça, definindo a luta contra o terrorismo e seus meios de financiamento como prioridade de seu governo no exterior.”

Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *