Lula diz que, por mais ladrão que o político seja, ele é mais honesto que o concursado

Esta frase do Lula merece registro especial:

“A profissão mais honesta é a do político. Porque todo ano, por mais ladrão que ele seja, ele tem de ir pra rua encarar o povo e pedir voto. O concursado não. Se forma na universidade, faz o concurso e tá com o emprego garantido pro resto da vida”

Em outras palavras, o que determina honestidade não é roubar ou não, mas ser ousado e pedir favor (votos) àqueles que roubou.

Em outras palavras, o político, mesmo quando rouba, é mais honesto que o concursado.

Em outras palavras, todo concursado, como tem emprego pro resto da vida e não precisa pedir voto, é menos honesto que político que rouba.

lula_critica_concursados

Revisado por Maíra Pires @mairamadorno

20 comentários para “Lula diz que, por mais ladrão que o político seja, ele é mais honesto que o concursado

  1. SGT. ENGENHEIRO UNICAMP

    O QUESTÃO É A SEGUINTE, COMO ESSE PESSOAL QUE ESTA PRESO, SENDO INVESTIGADO E EXPOSTO AO BRASIL TODO, CONTINUA LEVANDO NAS COSTAS ESSE INDIVIDUO CHAMADO LULA, OU SÃO, DO MEIO DE ONDE VIERAM DA ORGANIZAÇÃO OS PEÕES QUE SERVEM PARA MORRER PROTEGENDO O REI, OU LULA É FANTOCHE DESVIANDO ATENÇÃO PARA A AMBIÇÃO MAIOR DESSA QUADRILHA DE ESQUERDOPATAS PARA TRANSFORMAR NOSSO PAÍS EM UMA DEGRADAÇÃO TOTAL.

    Responder
  2. maria pacheco

    É visivelmente inexplicável essa comparação…sem juízo de valores. passamos a vida toda nos sacrificando e a nossa família para que estudando consigamos um espaço na vida como ser social e vem alguem querendo tirar um direito adquirido.É DESRESPEITO MESMO com a nação.É necessário acabar tantas cotas (essas sim discriminam; todos os seres humanos são dotados de inteligência,uns com mais facilidade e outros mais lentos ,porém capazes) e sim investigar a maioria dos concursos com parcerias politiqueiras que tomam as vagas de quem realmente estuda

    Responder
  3. danir

    A Dna. Alexandra Sartori, ao colocar seus bem articulados pensamentos aí acima, fazendo uma defesa do Lula, e citando o PMDB como mais desonesto do que o pt, demonstrou que além de manipuladora de idéias, é sem noção. Voto não é salvo conduto, e muitas vezes as pessoas de boa fé acabam votando em prestidigitadores e ladrões contumazes. Alem disto, ela generaliza um juizo de valor dos ministros do presidente Temmer, sem apresentar outros argumentos que não sejam a opinião pessoal baseada em sei lá o que. Existem uma série de raciocínios subjacentes nas palavras do Lula que ela simplesmente não levou em consideração por ser claramente partidária de suas “virtudes” e ter a intenção de atacar o Presidente da República, o seu partido e quem fizer algum juízo negativo de seu aparente ídolo. Ela não entra no mérito dos atos, não dá valor às evidências e acredito que imagina que as pessoas são tão tontas que lerão seu texto e mudarão de opinião por terem praticado a “vileza” de não acreditar em Lula, o ex presidente, não o molusco. No molusco eu acredito. Continuo com a mesma opinião a respeito do Lula, desde a primeira vez que vi a sua atuação no mundo sindical e político. Qualquer pessoa que saiba analizar um texto, incluindo as entrelinhas e que tenha uma base racional suficiente para ponderar sobre fatos e idéias com isenção e equidade, não dará crédito para este senhor. Talvez tudo tenha começado pela revolta ao saber que sua mãe nascera analfabeta. Eu sei como é isto, minha mãe tambem nasceu analfabeta, mas fui bem aconselhado e superei o trauma. Espero que meu texto seja claro para sua interpretação. Em tempo, os concursados e qualquer cidadão brasileiro estão sujeitos às normas da lei, e portanto se ultrapassarem os limites de seus direitos/obrigações, estão sujeitos a julgamento e eventual punição. Não tenho ódio no coração, não quero mal para ninguem e não entro nessa.

    Responder
    • Alexandra

      Bom, obviamente, que não sou ingenua a ponto de achar que alguém aqui, irá parar para pensar na interpretação correta do que o Lula disse. Até porque, eu sei, entre outras coisas, que quem aqui está comentando, não faz parte do grupo (podendo haver algumas exceções) que assistiu na integra as 01:07 minutos do pronunciamento dele. O que eu disse, é porque eu assisti na integra, entendendo, até porque, pela própria simplicidade dele, que é conhecida mundialmente, facilita muito a compreensão. Ser chamada de manipuladora, chega a ser engraçado, dado os titulos e as interpretações oferecidas pela matéria, que incita qualquer desavisado, ao claro ódio, motivado pela “injustiça” e “ofensa” da classe dos concursados…é só ler as chamadas com atenção. Quanto ao juízo de valor sobre os ministros do atual presidente Michel temer, resta dar uma olhada na ficha de cada um, o que não é nada complicado, o google mesmo faz esse serviço, sem contar, os ministros que, ao vir a publico que estavam sendo investigados, “cairam” na tentativa de salvar a reputação. O proprio Temer, inclusive, é alvo de investigação na Lava jato. E não sou quem estou dizendo, reforço, isso é publico, basta pesquisar. Sobre a interpretação, ela é clara. O interesse de deturpar o que foi disso, cabe apenas a quem, cego pela raiva e pelo desconhecimento ou motivado por qualquer outro interesse, se recusa a vê-lo. As vezes as pessoas optam por continuar “não sabendo” , “não entendendo” porque simplesmente não aceita ter as suas ideias contestadas. Para um bom julgador ou difamador, é importante que saiba os dois lados da moeda. A pessoa que escreveu essa matéria, certamente, viu a entrevista.

      Responder
      • danir

        Olá Alexandra. Algo me dizia que você apareceria. Antes de mais nada, eu quero te dizer que acompanho a trajetória de Lula desde os tempos de sindicato, e seu discurso enfático e mentiroso nunca me convenceu. Estou com 65 anos e portanto tenho muitos anos de estrada. Isto por si só não me qualifica a nada. Além disto, não é difícil partir para uma análise do socialismo que Lula diz representar, seja de qual plumagem for, para vermos quem é o Lula. Ele é apoiador e financiador com recursos do povo brasileiro, das esquerdas latino americanas, vendendo a idéia de que regimes como o cubano, venezuelano, boliviano, equatoriano e mais alguns, são exemplos de liberdade, democracia e felicidade. Haja papel higiênico para assimilar todas estas verdades. Se você que diz ser uma pessoa diferenciada e que sabe ler e interpretar textos com precisão (foi o que depreendi de sua colocação), se der ao trabalho de procurar informações que não venham do pt, das sumidades da USP, ou dos intelectuais e artistas que defendem o pt e o lula, com certeza terá um universo novo e rico para interpolar com sua posição política e com a verdade dos fatos, para perceber no mínimo que sua análise astuta e precisa só olha para um lado; sem se deter em fatos que por sí sós são evidências de atos criminosos e lesivos. Entenda que nada pode acontecer dentro da Petrobras sem que haja o consentimento do presidente da república, e que se assim o desejar ele pode colocar ou retirar de qualquer posto de comando, e colocar outro de seu agrado. A qualquer momento. Um cartel de empresas só pode agir, se houver a conivência dos que detém o poder de contratá-las. Se você for realmente critica e interpretativa e acompanhou ao longo do tempo os discursos de Lula, verá que embora inteligente (mais esperto que inteligente) e carismático, suas colocações são em muitos casos despropositadas e em muitos outros beiram o nonsence. Mudaram ao longo do tempo por conveniência. Fica difícil fazer colocações pontuais, são tantas que é difícil escolher. Sim eu assisti a integra do discurso do Lula e depois parei para rever alguns trechos. Ler o que disse a respeito dos políticos e dos concursados e depois ler o comentário de alguém que se diz capaz de “interpretação” do texto implícito, fazendo a defesa de suas (dele) palavras, é demais para mim. O Lula simplesmente fez um silogismo, usando de uma retórica frouxa para dizer algo que não se sustenta. Político ladrão “trabalha” pelo voto usando de maldades e artifícios desonestos para conquistar os inocentes, os ignorantes, os burros e os coniventes, e por isto tem mais valor que o concursado. É o caso deste senhor, e me permita a liberdade de dizer que se você com toda sua qualidade de análise aceita esta argumentação, você esta enquadrada em uma das categorias acima. Quanto aos concursados, ao serem admitidos, só provaram um nível de conhecimento e qualificação para uma determinada função, e de qualquer modo estão sujeitos ao braço da lei, mesmo se não tiverem que cabalar votos todos os anos na sua função. Normalmente, existem regimentos internos e leis orgânicas que dizem com clareza quais os limites e quais as penalidades para quem os ultrapassa. Se neste caminho encontrarmos juízes venais, políticos corruptos e autoridades desonestas que acobertem ações deletérias de “concursados ou detentores de cargos políticos de confiança”, o problema com certeza é estrutural, e precisa ser atacado. A proposição e a análise são simplórias e enganosas. Impedir que pessoas como Lula, Dilma, Zé Dirceu, Delubio, Genoino e muitos outros não se aboletem em cargos eletivos seja no legislativo como no executivo, é mandatório. Sugiro que faça uma análise crítica de seus ídolos sob a ótica da moral e da coerência, buscando fontes de todas as fontes, antes de fazer a defesa de alguém indefensável. Lembre que certo tipo de crime não deixa recibos ou documentos para serem usados como provas, e as evidências servem para delinear os caminhos do criminoso e para gerar provas a partir de sua consistência. Você acredita que o sítio e o triplex não são do lula? Você acredita que aqueles caminhões com uma mudança milionária incluindo patrimônio histórico da presidência guardados num cofre do BB e no sitio que não é do Lula, deveriam ter sido retirados do planalto (vinte ou trinta caminhões)? Baseado nos fatos e nas informações disponíveis você acredita que tudo foi feito em boa fé e que Lula é a pessoa mais honesta da face da terra? Use de sua capacidade de análise e síntese para tirar uma conclusão. Não precisa nem me responder. Eu já tirei a minha conclusão, e minha intenção não é convencê-la, é alertar os outros a respeito dos desvãos de uma lógica canhestra.

        Responder
        • Alexandra Dias

          Belíssimo comentário!!!! Perfeito!!!!!! Sou uma outra Alexandra, só mesmo o nome é igual! Só pela sua última frase: qdo um cidadão furta um pote de margarina, ainda que Devolva, ele será condenado!!! E faço uso das mesmas palavras já usadas referente a ele no STF: fala “torpe e indigna”

          Responder
          • danir

            Você poderia transcrever do Dilmês para o Português, por favor. Não sou muito bom na análise de têxtos em Dilmês clássico.
            Me parece que quando alguem comete um crime, mesmo que se arrependa, ela ainda está sujeita à aplicação da lei. Em casos de infrações menores, cometidas por pessoas ignorantes ou que não tinham a intenção de ofender a lei, pode ser usado o poder discricionário da lei, (é comum na Inglaterra – Pais civilizado, democrático e sujeito a um ataque islâmico – por exemplo), mas não acredito que seja o caso das pessoas de quem estamos falando. Eles são bastante conhecedores da lei, há uma clara evidência de intenção de dolo e ainda por cima têm que se sujeitar àos ditames e responsabilidades dos cargos que ocupam ou ocuparam. Do ponto de vista legal, pode-se, talvez, perdoar um ladrão de galinhas, dependendo das circunstãncias mas nunca um prócer do pt por exemplo. Mesmo que você seja outra Alexandra, com a devida vênia, sua postura está errada, quando se trata de Lula e sua turma. Como não entendo fluentemente o Dilmês, não ficou claro se “fala torpe e indigna” se refere ao meu texto. Saudações.

            Responder
      • Floriano Castelo Branco

        A “mossa” pelo jeito é mais uma burguesa beneficiada do dinheiro alheio, por isso essa raiva e ódio de quem discorda do “supremo líder”. “Mossa”, nada impede que a “senhoura” mude-se para a “Coléia do Norte”, um país que ira recebê-la de braços e celas abertas. A sua explicação beira o ridículo, o nauseante, o inominável. O que seu “líder” quis dizer foi exatamente isso: ele e a sua camarilha são honestos e os concursados são um bando de ladrões”. Claro como a luz do sol num dia de verão. Só uma mente deturpada e doentia pode defender o contrário, ainda mais citando que o resto do vídeo explica a fala porca do “timoneiro”. “Mossa”, o brasileiro é simples, com certeza, 90% deles não tem e nem teve as oportunidades que uma pessoa escrota como vc teve, mas com certeza, deixamos de ser idiotas. E falar que Lulla e “simples” ou que possui alguma simplicidade é de uma canalhice digna dos professores, atores e outros pseudo-intelectuais que apoiam esse plano globalista, financiado por gente “boa” como George Soros e Fundação Clinton. Por favor, dona, volte para suas prendas domésticas, dispense a Maria, a Cleide e os seus demais serviçais e, passe vc mesma a fazer seu serviço doméstico. Quem sabe assim desenvolva alguma noção de valores reais.

        Responder
  4. José Vicente

    Ante o declarado, como o elemento já anuncio, por mais de uma vez, que é a pessoa MAIS honesta deste país,- que poderia haver igual, MAIS honesto, não, – ELE ESTÁ CONFESSANDO QUE É LADRÃO E QUE NÃO SABE O QUE É HONESTIDADE. Isto se chama CINISMO: Comportamento ou ação de quem é cínico; ato daquele que demonstra descaso pelas normas sociais ou por uma moral preestabelecida; ausência de prudência: (Característica ou particularidade da pessoa que se comporta de maneira a evitar perigos ou consequências ruins; precaução. Em que há sensatez; que demonstra ou age com paciência; ponderação ou calma).

    Responder
  5. oxis

    Eu me pergunto: quem é que apoia esse vagabundo? Resposta: 1 – o otário juvenil, que é burguês, estuda em uma ótima faculdade pública ou privada, que acorda ao meio-dia pra ir pra academia e depois fumar seu “beizi” antes de ir pra escola no carrinho zero que papai burguês deu. 2 – O vagabundo público que conseguiu seu “emprego” com ajudinha dos cupinchas e que agora não quer largar o osso e os benefícios que só existem na “ilha da fantasia” do estado esbanjador. 3 – O vagabundo de “çindicatu” que na empresa privada passava o dia a criar mentiras e tramar fofocas para prejudicar quem realmente estava a fim de trabalhar. 4 – O vagabundo que se diz “filósofo” ou ainda “sociologo” de butequim (estilo vagabundo barbudo, fedido e ignorante igual ao tal Boulos) que passa o tempo todo tentando arrumar um esquema que o permita viver uma vida de burguês se aproveitando da ignorância daqueles que ele manipula com ajuda de pseudo-jornalistas, pseudo-onguistas, pseudo-professores e tantosa outras categorias de marginais “do bem”. 5 – O “coitadinho profissional”, que se diz injustiçado porque é negro, índio, nordestino, viado, sapata, traveco ou qualquer outra coisa que possa dar a ele o status de “vítima da çossiedade”, mas que na verdade só quer passar o dia vadiando e esperando algum trocado do “governo”, porque, afinal, ele só é vítima do capitalismo “seuvajem” que não deixa ele andar de SVU, iPhone, Bulgari, Armani e outras coisas básicas que o governo deveria lhe proporcionar!!!

    Responder
    • RODRIGO ZANARDINI

      “5 – O “coitadinho profissional”, que se diz injustiçado porque é negro, índio, nordestino, viado, sapata, traveco ou qualquer outra coisa que possa dar a ele o status de “vítima da çossiedade”, mas que na verdade só quer passar o dia vadiando e esperando algum trocado do “governo”, porque, afinal, ele só é vítima do capitalismo …”

      Aqui vc se superou!
      Vc. realmente acha que estas “categorias” não são injustiçados?
      A meritocracia é realmente uma merda. Uma opinião tão contundente que nem o próprio nome coloca.

      Responder
  6. Alexandre Ávila

    Como pode o povo Brasileiro não se indignar com uma declaração absurda destas? Então um jovem que fica anos e anos estudando e na maioria também trabalhando, é MENOS HONESTO que os políticos, que na grande maioria aqui no Brasil trabalham mesmo somente nas eleições e depois ficam “MAMANDO” nas tetas a custas da população Brasileira, que ROUBAM descaradamente e que são beneficiados pela máquina da corrupção.
    Com certeza o Sr. Lula só deu uma declaração destas porque nunca teve que fazer o mínimo esforço e tão menos passar noites e noites em claro estudando e tendo que fazer provas na universidade para garantir o seu futuro. Por favor povo Brasileiro demonstre um pouco mais de indignação!!!!

    Responder
    • Sonia RochA

      So me explica uma coisa que eu não consigo entender, como pode o japones da federal, ter processo de contrabando, usar tornozeleira eletronica, e ainda esta fazendo o seu trabalho. É justo essa pessoa que fez uma contravenção esta sendo pago com o nosso dinheiro?

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *