Líder do PT na Câmara não quer que Aécio Neves seja preso

O deputado federal Carlos Zaratini (PT-SP), líder do PT na Câmara, não quer que Aécio Neves (PSDB-MG) seja preso. O parlamentar declarou ao Estadão:

“Vi vários do PT torcendo pela prisão dele, Isso é um equívoco. Não podemos torcer por um ataque sem nenhum princípio às pessoas. (…) Ele é um senador. Sendo assim, só poderia ser preso se fosse em flagrante ou se estivesse cometendo um crime continuado. Aquela acusação de que Aécio estaria obstruindo a justiça por estar em uma reunião fazendo política não faz sentido. Pelo amor de Deus… Fazer política não é crime continuado”.

Aécio foi gravado pedindo R$ 2 milhões para Joesley Batista, discutindo cenários de substituição dos delegados da Polícia Federal responsáveis por inquéritos contra políticos e a aprovação de leis para tornar nulas algumas condenações decorrentes da Lava Jato e intimidar seus agentes. Um modo de ‘fazer política‘ curioso.

 

Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *