Jader Barbalho (PMDB) diz em Plenário que FHC trabalha para derrubar Temer

O PMDB domina o Senado. O inconfundível José Sarney (PMDB), que foi três vezes presidente da casa, deixou seu legado com o pupilo Renan Calheiros (PMDB), também presidente pela terceira vez. Esse tipo de domínio só ocorre com a atuação conjunta, fechada e cúmplice de grupo político. Cada senador recebe uma missão para fortalecer o grupo. E missão dada é missão cumprida.

Ao menor erro político, um bloco partidário pode ser formado com uma bancada maior que a do PMDB, o que legitima o bloco a indicar o candidato que provavelmente será o presidente eleito. As chapas que concorrem à Mesa Diretora são tradicionalmente proporcionais ao tamanho das bancadas, de modo que não é incomum PMDB, PT e PSDB comporem a mesma chapa por serem os três maiores partidos.

Ontem (13), o senador Jader Barbalho (PMDB), que também foi presidente do Senado (2001), cumpriu uma missão de grupo. Fez um discurso tosco contra a Lava-Jato, em defesa da revisão das 10 Medidas pelo Congresso e defendeu a atualização da Lei de Abuso de Autoridade. E foi além.

O senador Jader Barbalho nomeou FHC como o conspirador que visa derrubar Michel Temer (PMDB). Segundo o senador, o plano consiste em:

– a mídia enfraquecer a imagem do Congresso;
– os grandes empresários tiram a confiança do governo;
– um Congresso de joelhos elege, indiretamente, FHC presidente.

Há um detalhe político no pronunciamento, o Plenário, sempre vazio, estava lotado de senadores do PMDB e do PSDB. É tradição os senadores convidarem outros senadores, que geralmente ficam em seus gabinetes, a assistirem pronunciamentos ‘fora da curva’.

O PMDB declarar isso em Plenário é importantíssimo, se é realidade ou não, o fato político está posto.

“Não queria intervir nesse quadro nacional que aí está, mas, me desculpem, o meu limite acabou. Eu entendo que está em curso um processo para derrubar o presidente Michel Temer (…) Com respeito a tantas figuras importantes do PSDB, mas a grande mídia e esses setores que querem derrubar o presidente da República já tem candidato: o candidato é o ex-presidente FHC.” Jader Barbalho

O pronunciamento na íntegra pode ser assistido abaixo:

Há uma escalada pública de tensões envolvendo o PMDB e o PSDB. Desde o presidente Michel Temer, que está incomodado com FHC repetidamente chamar seu governo de ‘pinguela’, até o ministro Moreira Franco, que recentemente comparou FHC ao ex-deputado João Cunha, que publicamente louvava Ulysses Guimarães e nos bastidores trabalhava para enfraquecê-lo.

Revisado por Maíra Pires @mairamadorno

Loading...

Um comentário para “Jader Barbalho (PMDB) diz em Plenário que FHC trabalha para derrubar Temer

  1. Pedro Rocha

    Os socialistas fabianos não vão parar até tomarem o poder completamente, deixando Temer como refém até ele fazer o serviço sujo das reformas.

    Com o avanço da Lava Jato sobre o PSDB, a solução para eles é se apossarem da máquina federal via eleição indireta de FHC para sobreviverem em 2018.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *