Instituto Lula recebeu “bônus eleitoral” de empreiteira da Lava jato

A empresa “LILS Palestras, eventos e publicidade” cujo proprietário é o ex-presidente Lula, recebeu R$ 1,5 milhão só da Camargo Corrêa, entre 2011 e 2013. Já o Instituto Lula recebeu R$ 3 milhões também só da Camargo Corrêa, os dados foram atestados pela perícia da Polícia Federal.

As revelações são desdobramentos da Operação Lava Jato e são referentes, por enquanto, a apenas uma das empreiteiras.

Causou estranhamento uma das doações ao Instituto Lula estar com a rubrica de “bônus eleitoral”.

Ainda, segundo o Estadão:

O doleiro Alberto Youssef – peça central da Lava Jato – também citou o nome de Lula ao afirmar em delação à Procuradoria, no dia 4 de outubro de 2014, que “tinham conhecimento” do esquema de corrupção na estatal “o Palácio do Planalto” e “a presidência da Petrobrás”. Em seguida ele citou nominalmente o ex-presidente.”

Em 2005, a Polícia Federal surpreendeu todos os brasileiros ao prender Paulo Maluf e seu filho. Estamos ansiosos pelos próximos desdobramentos referentes aos “negócios” do ex-presidente Lula.

Flávio Maluf e Paulo Maluf presos

Flávio Maluf e Paulo Maluf presos

Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *