GAFE: Contra prisão de inocentes, Gilmar Mendes cita música de Bob Dylan que o próprio cantor renega

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e ainda presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) usou sua conta em redes sociais para defender, mais uma vez, uma maior duração dos processos criminais para que se evite a punição de inocentes. E então citou uma canção de Bob Dylan. Vejam:

 

Gilmar Mendes pode ser um grande empresário e conselheiro de Michel Temer, mas não está muito bem informado quando o assunto é música popular.

A canção ‘Hurricane’ foi composta por Bob Dylan em parceria com Jacques Levy e faz parte do excelente disco Desire. Então preso, Rubin Carter havia publicado sua história em um livro, de bastante sucesso, que chegou ao conhecimento de Dylan.

Em Dezembro de 1976 Bob Dylan conheceu pessoalmente, na prisão, Rubin Carter. Algo aconteceu pois, no mês seguinte, Dylan parou de tocar a canção em seus shows, mesmo após fazer alguns shows para arrecadar fundos para a defesa do boxeador.

Vejam a imagem abaixo, montagem feita com informações do site do cantor sobre a última execução ao vivo de Hurricane:

Fonte: http://www.bobdylan.com/songs/

 

O próprio Dylan reconhece que boa parte da letra não possui precisão sobre os fatos, mas a versão do acusado. Rubin Carter foi libertado na década de 1980 devido a falhas no processo e alegações de perseguição racista.

Loading...

6 comentários para “GAFE: Contra prisão de inocentes, Gilmar Mendes cita música de Bob Dylan que o próprio cantor renega

  1. Vagner Luis

    O voto dele não é tão, digamos, dogmática como o Barroso, há votos dele para estas causas um tanto quanto divergentes, sem seguir uma linha de defesa declarada como faz Barroso. Mas, se vc me mostrar uma postagem a respeito de Barroso aqui no site, principalmente naquele fatídico caso quando ele fez aquele defesa do aborto quando julgou um caso recente, eu paro de encher o saco deste site.

    Responder
    • Sua vó não te esnsinou?

      1 (um) demônio de cada vez. Por que vc acha que eles ficam mudando de “oficial” (representante da esquerda e/ou vagabundagem)? Nas “guerras” os oficiais não usam insígnia, pra não ficarem em evidêÊncia. Sua avó comunista/covarde teve ter te explicado, que ela só “sobreviveu”, pois; quando VIU (AO VIVO E A CORES) o comunista (líder) que estava há sua frente SER “abatido”.

      Responder
  2. Vagner Luis

    E…? Se vcs perseguissem o Roberto Barroso, defensor confesso do aborto e um dos seus principais defensores dentro do STF como perseguem Gilmar Mendes…

    Responder
    • Editor Posts do autor

      E se você descobrisse que Gilmar Mendes também vota pró-aborto, pró-descriminalização das drogas, pró-soltura de presos e pró-pautas progressistas?

      Responder
      • Vagner Luis

        O voto dele não é tão, digamos, dogmática como o Barroso, há votos dele para estas causas um tanto quanto divergentes, sem seguir uma linha de defesa declarada como faz Barroso. Mas, se vc me mostrar uma postagem a respeito de Barroso aqui no site, principalmente naquele fatídico caso quando ele fez aquele defesa do aborto quando julgou um caso recente, eu paro de encher o saco deste site.

        Responder
        • Vagner Luis

          E quando Barroso libertou também presos no STF? E Fachin? Pq APENAS Gilmar Mendes vem sendo tão perseguido? Uma postagem, aliás, bobagem como esta ganhando tanto destaque?

          Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *