Fundo Partidário, mantido com dinheiro público, bancou despesas do Instituto Lula

“(UOL) O PT usou recursos públicos para pagar diárias de hotel à equipe de comunicação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) durante um evento em Montes Claros (MG) em 2015. O ex-presidente levou dois assessores de imprensa e um fotógrafo que trabalham para o Instituto Lula ao local. As despesas com hospedagem da equipe, no entanto, não foram pagas pela ONG, mas com recursos do fundo partidário.

O fundo partidário, cujo nome oficial é Fundo Especial de Assistência Financeira aos Partidos Políticos, é um montante repassado todos os anos pelo poder público para os partidos formalmente registrados junto ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Para receber o dinheiro, que serve para atividades partidárias, as siglas devem estar com suas prestações de conta em dia. Em 2015, o fundo distribuiu R$ 867 milhões aos partidos. (…)

As despesas do PT com a hospedagem da equipe de comunicação de Lula estão na prestação de contas de 2015 que o partido enviou ao TSE. No total, o PT usou R$ 1.572 do fundo partidário para pagar as despesas com hospedagem do trio que cuida da comunicação de Lula.”

Revisado por Maíra Pires @mairamadorno”

Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *