Fundação Ford nomeia novo diretor para o Brasil, atual chefe da Anistia Internacional BR

O atual diretor executivo da Anistia Internacional será o comandante da Fundação Ford no Brasil. Atila Roque é nome forte no meio “ongueiro” e possui experiência em diversas ONGs de esquerda. Agora, estará no comando de uma das organizações que mais financiam ONGs socialistas no país. É possível encontrar o dedo da Fundação Ford em toda pauta da new-left, de aborto ao gênero.

Teremos um aprofundamento das ações em prol da cultura da morte?

Será que o governo Temer continuará no rumo esquerdista do PT ou rejeitará as ações das ONGs socialistas?

Textos e palestras ESSENCIAIS sobre os temas da cultura da morte:

Raízes Históricas da Cultura da Morte

Quem financia a esquerda?

Aborto e Controle Populacional, por Fernanda Fernandes Takitani

Elaboração e Evolução das Estatísticas de Aborto no Mundo

Antecedentes Históricos e Filosóficos da Questão de Gênero

 

Veja a nota integral disponibilizada no site da fundação (grifos nossos):

Nova York, 2 de setembro de 2016 — A Fundação Ford anunciou hoje a nomeação de Atila Roque como diretor de seu escritório no Brasil, baseado no Rio de Janeiro. Roque, líder proeminente da sociedade civil, será o sucessor de Nilcéa Freire, que deixou a Fundação em maio de 2016.

Atualmente, Roque é diretor executivo da Anistia Internacional Brasil. À frente da organização, liderou a implantação de uma estratégia de direitos humanos de abrangência nacional em um período em que toda a organização passava por um importante processo de reestruturação e de fortalecimento de sua presença no mundo, especialmente em países em desenvolvimento. Roque é uma das principais referências da sociedade civil no Brasil no debate sobre direitos humanos, desigualdades e desenvolvimento social.

Anteriormente, Roque foi diretor do Instituto de Estudos Socioeconômicos (INESC), que realiza análises e acompanha políticas públicas à luz do orçamento, além de pesquisas sobre desigualdades, discriminação de gênero e justiça racial. Ele foi diretor executivo da ActionAid International USA em Washington D.C. e, ao longo de 17 anos, ocupou diferentes cargos no IBASE, uma das mais importantes ONGs do Brasil. Roque também foi diretor da Associação Brasileira de ONGs e coordenador no Brasil do Social Watch.

Por três anos, Roque foi pesquisador visitante no Pacific-Asia Research Center, em Tóquio, no Japão, onde estudou o impacto socioambiental dos investimentos japoneses no Brasil. Ele também foi professor convidado no Instituto Rio Branco do Ministério das Relações Exteriores do Brasil, onde deu aulas de política externa e sociedade civil.

“Atila é uma voz forte e um defensor da justiça e da igualdade. Temos muita sorte de tê-lo à frente da Fundação no Brasil,” diz Darren Walker, presidente da Fundação Ford. “Ele tem uma imensa experiência na construção de relações fortes com vários parceiros, com o intuito de impactar e melhorar vidas, e trará uma força especial aos nossos esforços em prol da justiça racial no país.”

O trabalho da Fundação no Brasil tem o objetivo de enfrentar a desigualdade em todas as suas formas, incluindo a econômica, a política e a social. Com décadas de experiência na sociedade civil, tanto no Brasil quanto no exterior, Roque tem legitimidade e autoridade para liderar a Fundação Ford no Brasil.

“É uma honra ocupar este cargo que me foi confiado em um momento tão crucial para o Brasil”, diz Roque. “Acredito que a Fundação Ford desempenha um papel importante na luta pela justiça social e pela igualdade. Assumo aqui o compromisso de trabalhar em cooperação com os outros, buscando explorar estratégias de doações inovadoras e sustentáveis que reforcem a cultura de direitos em toda a nossa sociedade.”

Roque é bacharel em História pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e mestre em Ciências Políticas pelo Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro (IUPERJ). Ele é membro dos conselhos diretores da International Budget Partnership, da Just Associates e do Greenpeace Brasil. Ele também é diretor do Fundo Brasil de Direitos Humanos.

Roque, que foi escolhido em meio a uma ampla concorrência internacional, assumirá o cargo em 9 de janeiro de 2017.

 

Revisado por Maíra Pires @mairamadorno

Loading...

Um comentário para “Fundação Ford nomeia novo diretor para o Brasil, atual chefe da Anistia Internacional BR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *