FROUXO: Governo brasileiro se recusa a aplicar sanções a dirigentes venezuelanos

O Itamaraty confirmou ontem que não está nos planos do governo brasileiro nenhum tipo de sanção à Venezuela ou seus dirigentes. Segundo o governo, sanções estão descartadas pois isto afetaria a população, que ficaria sem os recursos para importar alimentos.

O governo brasileiro também se recusou a seguir o modelo americano, de confisco e sanções aos dirigentes da ditadura bolivariana. Quanto a isso, o governo nada falou. Bloqueio de bens dos membros do partido de Maduro e divulgação de restrições a eles seria uma forma do Brasil deixar claro que está contra os tiranos e a favor de suas vítimas. Infelizmente Michel Temer e Aloysio Nunes são frouxos.

Loading...

5 comentários para “FROUXO: Governo brasileiro se recusa a aplicar sanções a dirigentes venezuelanos

  1. Leonardo X

    O motorista Mateus não nega a raça vermelha que o pariu para a política. Segue à risca os ditames do Foro de São Paulo que prevê a subdivisão da frente partidária em facções para simular uma democracia preparatória para a instalação de uma ditadura totalitária.

    Responder
  2. Alexandre Sampaio

    Não é frouxidão, não. É conivência. Cumplicidade. Lula já zurrou que, caso seja reeleito, fará exatamente o mesmo que Chavez/Maduro fizeram na Venezuela.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *