Folha mente e registra que Lula pode disputar eleição mesmo preso

Hoje, quase a totalidade da coluna Painel da Folha é dedicada ao julgamento no TRF-4 do condenado Lula (PT), marcado para o dia 24 de janeiro. Até aí, normal, o que espanta é a desinformação e plantação de notas.

Exemplos:

Pergunta se os ministros das cortes superiores – TSE, STJ e STF – estariam dispostos a tirar Lula da disputa, em uma linguagem que parece conter uma ameaça velada.

“Algum ministro das cortes superiores irá se dispor a suspender os efeitos da decisão por meio de liminar, liberando o ex-presidente, hoje com 37% das intenções de voto, para ser julgado pelas urnas?”

Registra que a única alternativa de Lula é radicalizar o discurso.

“Integrantes do PT dizem que Lula não tem escolha a não ser radicalizar e levar seu embate com a Justiça às últimas consequências. Ele deve manter a estratégia de se registrar na disputa eleitoral e aguardar até o julgamento do último recurso possível para deixar a eleição.”

Desinforma e diz que Lula poderia ser candidato mesmo condenado E PRESO, porque um prefeito já foi eleito assim, em 2004. A coluna por algum motivo misterioso não diz que isso ocorreu antes da Lei da Ficha Limpa. Em outubro deste ano, o STF decidiu que a inelegibilidade é anterior inclusive à Lei da Ficha Limpa.

“Em tese, mesmo preso Lula poderia se registrar na disputa. Em 2004, por exemplo, Antério Mânica, ex-prefeito de Unaí, conseguiu ser eleito enquanto estava na cadeia. (…)  “Se for o caso, ele será proclamado eleito e chamado para a diplomação. Se vai comparecer ou não, é um problema do carcereiro”, disse, na ocasião, o ministro Sepúlveda Pertence, que presidia o TSE. Anos depois, Mânica acabou condenado a 100 anos. (…) Um ex-ministro do TSE diz que a conclusão do julgamento de recursos também depende da velocidade dos advogados –que podem tentar postergar decisão final– e lembra que nenhum candidato pode ser preso a 15 dias da eleição.”

Inacreditável!

A coluna completa pode ser lida aqui no site da Folha de S. Bernanrdo.

 

Leia também:

Folha de São Paulo vira “Folha de São Bernanrdo” por defender (muito) o Lula

 

Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *