Fim do ministério da Cultura foi proposto por funcionários quando o PT era governo

Rio de Janeiro, 16 de agosto de 2015.

Há muito tempo atrás, quando o Brasil ainda era governado pelo PT, os servidores do Ministério da Cultura decidiram pelo fim da pasta como forma de aumentar o orçamento.

Até o pessoal do Ministério quer voltar a ser uma Secretaria Nacional do MEC

Até o pessoal do Ministério quer voltar a ser uma Secretaria Nacional do MEC (Fonte: O Globo)

A Alemanha, os EUA, o Reino Unido, a França, o Canadá, a Austrália, a Bélgica e  o Chile não têm ministérios da Cultura. Na Espanha existe a pasta de “Educação, Cultura e Esportes”. Na Finlândia existe “Educação e Cultura”.  Na Nova Zelândia um mesmo ministro é responsável por três ministérios: “Artes, Cultura e Bens”, “Conservação” e “Idosos”. Na Noruega existe o ministério da “Cultura e dos Assuntos da Igreja”. Na Dinamarca existe o ministério da “Cultura e dos Assuntos Eclesiásticos”.  Na Itália existe o ministério de “Bens, Assuntos Culturais e Turismo” e na Grécia existe o ministério da “Cultura e Esportes”.

Nenhum desses países deixa de investir em Cultura por ter um ministério dedicado, uma secretaria de Estado ou um departamento. Aliás, poupando estrutura, recursos e racionalizando o dinheiro público, investem muito mais. No Brasil, nossos militantes artistas ficaram bravos com a volta da Cultura para o Ministério da Educação.

Normal, é o nosso jeitinho Jeca.

Leia também:

Governo petista já deu R$ 15 bilhões através da Lei Rouanet

Loading...

6 comentários para “Fim do ministério da Cultura foi proposto por funcionários quando o PT era governo

  1. andre

    Que bom pq cultura nesse país custa caro. Cinema, teatro, exposição, espetáculo de dança, musica erudita… E a cultura de massa? funk e sertanejos, que tem como maioria péssimos artistas ganhando milhões sem precisar de um cérebro. E os filmes nacionais? poucos se salvam… E muitos empresários e artistas se beneficiam com a lei rouanet… tem que acabar com isso mesmo.

    Responder
  2. Claudionor Teixeira Pereira

    NÃO SIMPLESMENTE! O SENHOR,PRESIDENTE DA REPÚBLICA ESTAR AGINDO,CORRETAMENTE PROCURANDO REDUZIR OS GASTO,PÚBLICOS SEM NECESSIDADE! PORQUÊ ANTES ERA(MEC) E FAZIA O MESMO EFEITO. EU ESTOU COM O PRESIDENTE,CHEGA DE TANTO GASTO DE DINHEIRO,PÚBLICO SEM NECESSIDADE!

    Responder
  3. RM

    Lembrando Millor Fernandes, a respeito da cultura dita contemporânea: Inúmeros artistas contemporâneos não são artistas e, olhando bem, nem são contemporâneos.rs,.rs…

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *