“Fala que eu te chuto!!! Entrevista com as feministas”

O canal Pizzaria Brasil fez um vídeo com entrevistas realizadas em uma passeata feminista que ocorreu no ES. Nela, o entrevistador questiona participantes do movimento sobre assuntos ligados ao feminismo, violência, estatísticas e movimentos de esquerda. É sensacional:


Você deve estar se perguntando por que eu não coloquei o vídeo do youtube do canal citado. A resposta é porque o canal não existe mais, foi deletado após reclamações. O pessoal da página Meu Professor de História Mentiu Pra Mim pegou o vídeo e colocou no canal próprio no Vimeo, para evitar outra perseguição ao canal do youtube.

Por que será que esse vídeo e o canal foram deletados?

E fica a questão final: você já ouviu falar da expressão ‘idiota útil’?

Loading...

12 comentários para ““Fala que eu te chuto!!! Entrevista com as feministas”

  1. Lola

    Eu simpatizo com o feminismo em alguns aspectos, mas também vejo muitos exageros, muito drama. Eu não estudei o bastante para realmente entender o movimento. E nem vou sair em protesto simplesmente por ir. Para você defender algo, você deve, ao menos, saber o que você está falando, entender o que você está fazendo. Claro que ele deu a sorte (ou azar) de entrevistar apenas as ignorantes do grupo, ou talvez até tenha feito entrevistas com outras, mas tendenciosamente divulgou apenas estas.
    Já ouvi muitas mulheres dizendo: “faço meu marido de gato e sapato”, “ele tem que limpar a casa toda”, “ele tem que levantar no ônibus para eu sentar”, “enfiei a mão na cara do meu namorado ontem”, “ele tem que carregar minha mala” e também falam em direitos iguais.
    Uma vez, estava passando na rua e tinha um “casal brigando”, apesar de só ouvir os gritos da mulher, enquanto o homem estava parado, ouvindo, olhando para ela. De repente, ele deu um tapa tão forte no rosto dele que eu mesma fiquei perplexa. Daí ele simplesmente deu as costas e foi embora. E ela correu atrás dele, como se fosse bater nele de novo. Não sei o que ele fez, mas se a violência contra a mulher é injustificável, contra o homem também é. Se ele tivesse batido nela, talvez teriam voado uns 10 em cima dele e poderia até parar na cadeia.
    Se você pode bater na cara dele, então ele também pode bater na sua. Já que ele não é sua propriedade. Ele deve te respeitar, mas cadê o respeito com ele?
    “Ah, mas o homem é fisicamente mais forte que a mulher”. Ué, então não deveria bater na cara dele. Aliás, não deveria bater na cara de ninguém, não é? É uma regrinha básica: não procure confusão com coleguinhas mais fortes que você rs
    Antes eu ficava “surpresa” em ver que alguns homens não levantavam no ônibus para eu sentar. Porque aprendi que os homens deveriam fazer isso. Depois pensei: eu talvez não levantaria para um homem sentar (apesar de já ter feito isso algumas vezes, mesmo o homem não sendo idoso). Pq ele deveria? Não estou com problemas nas pernas, consigo ficar de pé tranquilamente, só porque sou mulher, não significa que eu nasci com as pernas fracas, defeituosas.
    Ouvi uma mulher dizer que acha o fim o cara não pagar o jantar. Aí perguntei: Mas vc não trabalha? Você consegue pagar também. Pq ele é obrigado a pagar? Não foram os dois que comeram? Ela: Porque ele é homem, né?
    São coisas que não entendo.

    Responder
    • carlos

      o problema maior é que as líderes desses movimentos não são feministas, elas são sexistas e extremistas, até por isso esse fenômeno de ódio as feministas é algo mundial, inclusive com por parte das próprias mulheres, eu não acho que o movimento esteja errado em tudo, alguns pontos são realmente válidos mas elas fazem vista grossa para os problemas que os homens sofre, um acontecimento que deixa claro como é o movimento feminista no brasil foi naquela época daquele app LULU que as mulheres davam notas para os homens, deu o maior bafafa, as mulheres falando que não tinha nada demais, que era engraçado, e por ai vai, só que passou um tempo anunciaram a versão masculina, onde os homens iriam dar nota pras mulheres, pronto, ai foi um deus nos acuda, as feministas do brasil inteiro estavam indignadas e conseguiram na justiça uma liminar proibindo que o app foi lançado, isso que era um trote, diga-se de passagem, ai perguntaram pra líder que conseguiu a liminar, mas pq vcs não entraram na justiça contra o LULU tb, já que vcs lutam por direitos iguais, ela respondeu, os homens que vão atrás das coisas deles, a gente apenas vê os interesses das mulheres, é uma resposta clara de que elas não são feministas, elas não querem direitos iguais, elas querem uma supremacia feminina.

      Responder
  2. Cassiana

    Achei o vídeo muito bom no sentido de esclarecer a ignorância de quem está imerso nos movimentos sociais. Mas verdade seja dita, a edição foi tendenciosa: nem deixaram a menina falar sobre a violência na partilha da herança do pai. Mesmo assim, vídeo bastante esclarecedor.

    Responder
    • Quintilinao

      Eu gostaria de discutir o conteúdo desse vídeo com vc! Isto porque penso, diametralmente, o oposto de vc… Sendo assim, você poderá ser específica quanto ao que é tão esclarecedor neste vídeo! Consegui ver somente um entrevistador mal intencionado fazendo perguntas toscas. Aliás, a maioria das perguntes é tosca, e a maioria das respostas é coerente. não consigo enxergar esse vídeo de outra forma, por isso gostaria de ouvir os seus esclarecimentos!!! Vamos separar as perguntas e as respostas e analisa-las! Acredito que vc vais se surpreender como o resultado das análises!!!

      Responder
  3. Alvaro Risso

    O vídeo mostra claramente que o reporter conseguiu seu objetivo: identificar Idiotas úteis. Parodiando um antigo chefe meu: “A idiotice impede que o idiota se veja como tal”. A entrevista mostrou a utilidade dos (as) idiotas.

    Responder
    • Quintilinao

      Alvaro, meu querido!! Vc poderia identificar qual resposta foi idiota? Porque vejo o contrário do que vc comentou!… Percebo que foram perguntas toscas (a maioria) com respostas sensatas (a maioria). Por gentileza, vc pode esclarecer isso para eu entender o que se passa nesse vídeo/

      Responder
      • Thiago

        Você é cego ou surdo, ou fingi ser? Quando o entrevistador pergunta sobre a escola de frunkfurt e a entrevistada responde ”é do Jornal Nacional”, ou quando ele pergunta se a mulher é apolítica, e ela nem mesmo sabe responder, além de vários outras respostas idiotas que as feministas dão sobre assuntos que elas mesmas deviam conhecer.

        Responder
  4. Johnny Mnemonic

    O padrão das respostas dadas mostra o grau de doutrinação dessas idiotas inúteis.
    Impagável foi aquela imbecil dizer que Marx só tinha coisas positivas. O entrevistador poderia informá-las que Marx também pregava a prostituição coletiva das mulheres. Aí eu queria ver a cara das feminazis ao saber disso, já que nem elas o lêem.

    Responder
  5. Jamil

    O canal do PizzariaBrasil no youtube foi encerrado justamente por causa desse vídeo.
    Nem criticar mais os absurdos a gente pode.

    Mas que a verdade dos fatos, conta o sentimento da pessoa que abre a boca pra dizer besteira.

    Responder
  6. André

    Hahahaha, muito engraçado 🙂
    Pena que estou no trabalho e só pude ver o início, pois é chato ter que prender as gargalhadas.

    Terminarei de ver em casa e divulgarei!!!

    Eu odeio essa “democracia” nojenta do youtube que deleta vídeos só porque um bando de retardados mentais reclamaram… Viva ao Vimeo e outros sites sem democracia!!!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *