Confira na íntegra o voto de Augusto Nardes. TCU vai além e recomenda a rejeição de contas pelo Congresso

Augusto Nardes foi o ministro relator das contas de Dilma Rousseff julgadas hoje no TCU. Seu relatório foi aprovado por unanimidade pelos demais ministros no Plenário.

O ministro é formado em Administração de Empresas pela Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões e mestre em Estudos de Desenvolvimento pela Institut Université d’Étude, na Suíça.

“Aproveito o momento para reafirmar que o Brasil precisa de um grande pacto pela governança, conforme enfatizei à Presidente da República, Dilma Rousseff, quando Sua Excelência esteve presente nesta Casa para a posse do atual presidente, Aroldo Cedraz. À Presidente e aos seus ministros mais próximos, tive oportunidade, em diversas ocasiões, de expressar minha convicção de que o país carece de um projeto de nação de médio e longo prazo. Para isso, os dados e informações que compõem as prestações de contas devem ser fidedignos, transparentes e reais.”

Confira o PDF do voto do ministro Augusto Nardes aqui.

O parecer do TCU não se limitou a rejeitar as contas, foi além e recomendou a rejeição pelo Congresso Nacional .

“devido à relevância dos efeitos das irregularidades relacionadas à execução dos orçamentos, não elididas pelas contrarrazões apresentadas por Sua Excelência, não houve observância plena aos princípios constitucionais e legais que regem a administração pública federal, às normas constitucionais, legais e regulamentares na execução dos orçamentos da União e nas demais operações realizadas com recursos públicos federais, conforme estabelece a lei orçamentária anual, razão pela qual as Contas não estão em condições de serem aprovadas, recomendando-se a sua rejeição pelo Congresso Nacional.

Confira o PDF do parecer do TCU aqui.

Confira o PDF do relatório do TCU aqui.

Veja também:

VÍDEO: Íntegra do Julgamento das contas de Dilma no TCU

tcu

Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *