‘Escola Sem Partido’ é o primeiro projeto de Alexandre Aleluia em Salvador

O vereador  Alexandre Aleluia (DEM) apresentou seu primeiro projeto na Câmara Municipal de Salvador: o ‘Escola Sem Partido’. Uma lei que não proíbe debates, não censura professores, não acaba com a liberdade de cátedra e nem coíbe opiniões dos docentes quando apresentadas como pessoais, como mente a esquerda. O projeto visa coibir professores que agem como cabos eleitorais em sala de aula e se utilizam da posição para promover, dentre outras coisas, agendas políticas.

De acordo com o texto: “O professor não se aproveitará da audiência cativa dos alunos para promover os seus próprios interesses, opiniões, concepções ou preferências ideológicas, religiosas, morais, políticas e partidárias.”

O vereador declarou ao site Bahia Notícias que: ” a proposta consiste apenas na afixação de cartazes nas salas de aula com os deveres dos professores”. Tais deveres não são uma invenção do vereador ou do projeto Escola Sem Partido, mas já estão definidos na LDB e na Constituição. A lei é uma nova garantia do aluno contra a doutrinação.

Em 2015, o prefeito ACM Neto (DEM) sancionou um projeto que criava o ‘Dia Municipal de Conscientização Antiaborto’ apesar da mobilização nacional contra o projeto. Esperamos que o DEM na Prefeitura e na Câmara novamente peite as esquerdas e sancione o Escola Sem Partido.

Conheça melhor o projeto escola sem partido no site do projeto: http://www.programaescolasempartido.org/

Vereador Alexandre Aleluia (DEM)

Revisado por Maíra Pires @mairamadorno

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *