ESCÂNDALO: Temer é acusado de negociar propina e silêncio de Cunha

O jornal O Globo fez uma reportagem exclusiva sobre a ação da PF junto com Joesley Batista, da empresa JBS, que gravou uma conversa do atual presidente com o empresário. Leia um trecho:

É uma delação como jamais foi feita na Lava-Jato: Nela, o presidente Michel Temer foi gravado em um diálogo embaraçoso. Diante de Joesley, Temer indicou o deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) para resolver um assunto da J&F (holding que controla a JBS). Posteriormente, Rocha Loures foi filmado recebendo uma mala com R$ 500 mil enviados por Joesley. Temer também ouviu do empresário que estava dando a Eduardo Cunha e ao operador Lúcio Funaro uma mesada na prisão para ficarem calados. Diante da informação, Temer incentivou: “Tem que manter isso, viu?”.

Essa reportagem pegou todos de surpresa. Na Câmara dos Deputados, o presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ) encerrou a sessão imediatamente: “Não tem mais clima para trabalhar”.

Revisado por Maíra Pires @mairamacpires

Loading...

Um comentário para “ESCÂNDALO: Temer é acusado de negociar propina e silêncio de Cunha

  1. Pantafernando (@Pantafernando)

    A despeito de tudo isso ser crível, o bom senso recomenda esperar algum tempo antes de emitir uma opinião.

    O que vejo nesse momento, é que tudo foi muito bem desenhado de modo a favorecer a narrativa petista, uma vez que TUDO que foi divulgado atinge TODOS os inimigos do PT: Temer e Aécio.

    Não digo que são santos, mas veja o timing e veja os alvos. Tudo favorável aos petistas.

    Pessoalmente, irei aguardar ouvir as gravações ou ver os vídeos. Por enquanto é tudo muito papinho. A agilidade da oposição de ingressar um pedido de impeachment, a agilidade de movimentar os “Foratemer” mais o correto timing, logo próximo do julgamento da ação no TSE.

    Veremos. Temer pode ser tudo isso, mas jamais aceitarei algo tão sob medida para os petistas.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *