Diretório Nacional do PSB fecha questão em segunda denúncia contra Temer

Durante a votação da primeira denúncia contra o presidente Michel Temer (PMDB), o PSB, que hoje conta com 36 deputados, orientou a bancada pela aceitação da denúncia. Porém, a própria líder do partido, a deputada Tereza Cristina (MS), votou pelo arquivamento.

Ao todo, foram 11 votos pela rejeição da denúncia, 22 votos pelo prosseguimento e 2 faltas.

Na última terça, o Diretório Nacional do PSB se reuniu e decidiu pelo fechamento de questão na aceitação da segunda denúncia, o que permite a expulsão dos deputados que contrariarem a determinação partidária.

Há também movimentação pela destituição da deputada Tereza Cristina da liderança caso haja rebelião. Somente a líder pode indicar e substituir membros da CCJ.

Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *