Diálogo de Reinaldo Azevedo com Andrea Neves é vazado; colunista pede demissão de Veja

[ATUALIZAÇÃO 21:23 – a PGR negou ter adicionado o áudio ao inquérito. Ver Nota de Esclarecimento. Alteramos a informação de que foi adicionada pela PGR e colocamos que “foi adicionada em inquérito”.]

Uma conversa do jornalista Reinaldo Azevedo com Andrea Neves, irmã de Aécio Neves e atualmente integrante do regime penitenciário brasileiro, foi adicionada em inquérito. Andrea e Aécio estavam sendo grampeados e uma ligação de Reinaldo foi interceptada.

O conteúdo foi divulgado pelo site Buzzfeed. Pelo o que exposto, não há nenhum tipo de crime na conversa, apenas conversa sobre reportagem de Veja sobre Aécio.

Reinaldo critica a revista onde trabalha e defende Aécio e Andrea.

De acordo com o Buzzfeed, Reinaldo foi procurado e apresentou um nota em que afirma que pediu demissão.

Leia a nota na íntegra:

“Pela ordem:

Comecemos pelas consequências.

Pedi demissão da VEJA. Na verdade, temos um contrato, que está sendo rompido a meu pedido. E a direção da revista concordou.

1: não sou investigado;
2: a transcrição da conversa privada, entre jornalista e sua fonte, não guarda relação com o objeto da investigação;

3: tornar público esse tipo de conversa é só uma maneira de intimidar jornalistas;

4: como Andrea e Aécio são minhas fontes, achei, num primeiro momento, que pudessem fazer isso; depois, pensei que seria de tal sorte absurdo que não aconteceria;

5: mas me ocorreu em seguida: “se estimulam que se grave ilegalmente o presidente, por que não fariam isso com um jornalista que é critico ao trabalho da patota.

6: em qualquer democracia do mundo, a divulgação da conversa de um jornalista com sua fonte seria considerado um escândalo. Por aqui, não.

7: tratem, senhores jornalistas, de só falar bem da Lava Jato, de incensar seus comandantes.

8: Andrea estava grampeada, eu não. A divulgação dessa conversa me tem como foco, não a ela;

9: Bem, o blog está fora da VEJA. Se conseguir hospedá-lo em algum outro lugar, vocês ficarão sabendo.

10: O que se tem aí caracteriza um estado policial. Uma garantia constitucional de um indivíduo está sendo agredida por algo que nada tem a ver com a investigação;

11: e também há uma agressão a uma das garantias que tem a profissão. A menos que um crime esteja sendo cometido, o sigilo da conversa de um jornalista com sua fonte é um dos pilares do jornalismo”.

Loading...

14 comentários para “Diálogo de Reinaldo Azevedo com Andrea Neves é vazado; colunista pede demissão de Veja

  1. Pedro Machado

    Reinaldo Azevedo e toda a imprensa está revoltada por ter ocorrido o vazamento de informações de conversas suas com a irmã de um politico? Mas a imprensa é a rainha dos vazamentos e tem sido assim desde sempre. Quando há alguma interesse a imprensa vaza vídeos, gravações e tem acesso aos processos que nem os advogados possuem. como isso acontece??? A imprensa vem reiteradamente escandalizando empresas e pessoas, repetindo inúmeras reportagens e explorando a imagem de delatores e nada é feito a respeito. Agora quando um deles é exposto todo mundo grita? E mais, o que se revelou da conversa entre Reinaldo e a irmã do politico não foi atuação jornalística. Dar e pedir conselhos a atuar em textos de reportagens alinhado com o politico na minha concepção tem outro nome.

    Responder
  2. Rafael Salles

    Esse papo de defensor intransigente do estado democrático de direito já colou no Reinaldo Azevedo, mas agora não cola mais. Mesmo que ele esteja factualmente correto, todo mundo já sacou qual é a dele. O cara é tucano e quer defender os seus, ponto final.

    Responder
  3. Rodrigo

    Esse vazamento “acidental” tem cara de ser encomenda de alguém. Independente da figura do Reinaldo, fato é que, se a conversa não continha qualquer crime, somente foi vazada para atingir o jornalista e não a irmã do Aécio, que já está frita. Quem fez isso não concorda com a liberdade de imprensa e não tolera quem pensa diferente.

    Responder
  4. Roberto

    PGR e MP comendo, não pelas beiradas, de bocadas mesmo.
    O aviso está dado: nem pensem em criticá-los…

    Gladiadores brandindo ética, moral e bons costumes… já os vi muito.

    Responder
  5. Carlos Goncalves

    Gostava e por isso acompanhava o Reinaldo em seus comentários e textos na veja, mas desde a prisão do Marcelo Odebrecht ele surtou e mudou radicalmente seu modo de agir e pensar, passou a atacar o Moro, Promotores e Policia Federal , ou seja, a operação Lava Jato e a usar uma linguagem estranha e rebuscada na tentativa de justificar a sua mudança de postura. Já ha algum tempo não mais acompanho o seu trabalho, mas acho que especificamente neste caso da divulgação da sua conversa com a irmã do Aecio ele foi muito sacaneado. Tínhamos ali uma conversa entre Jornalista e sua fonte, algo que não deveria ser divulgado.. Aliás esta delação da dupla de acougueiros tem de vir a público com todos os seus detalhes, pois aí TEM COISA e não é pouca. Wesley e Joesley fizeram o que fizeram e estão livres leves e soltos nos States gastando a grana do BNDES enquanto outros implicados que cometeram crimes de menor gravidade estão presos sendo alguns já condenados. Onde está a lógica e a coerência de quem lhes deu o perdão e autorizou que fossem viver no exterior???Hummm aí tem coisa…..

    Responder
  6. Evie

    Nao acompanho Reinaldo Azevedo ha algum tempo, nem importa o que penso a seu respeito.
    Reaca de ha muito tempo, por curiosidade, fui conferir o conteudo do Progama Pingo nos Is de segunda feira e ficou muito claro o porque dessa gravacao ter sido “vazada”.
    Facam isso tambem e tirem suas proprias conclusoes.

    Responder
  7. CS

    Hoje, estão felizes os petistas e os xucros. Parabéns a todos os envolvidos! Aos poucos, os petistas estão emplacando a narrativa deles. Enquanto os xucretes fazem uma leitura absurdamente porca da realidade e espalham por aí que Reinaldo “virou petista” e “está defendendo o Lula”… ai, ai, tem que ser muito analfabeto mesmo!

    A ação do ministério público é inconstitucional, por violar o sigilo entre jornalista e fonte. Recompensar dois bandidos com a liberdade em NY e com os bolsos cheios de dólares é uma decisão absurda que garante a impunidade.

    CQD

    Responder
    • Editor

      “A Procuradoria-Geral da República esclarece que a informação veiculada na matéria do Buzzfeed “PGR anexa grampos de Reinaldo Azevedo com Andrea Neves em inquérito (…)” está errada. A PGR não anexou, não divulgou, não transcreveu, não utilizou como fundamento de nenhum pedido, nem juntou o referido diálogo aos autos da Ação Cautelar 4316, na qual Andrea Neves figura como investigada.

      Todas as conversas utilizadas pela PGR em suas petições constam tão somente dos relatórios produzidos pela Polícia Federal, que destaca os diálogos que podem ser relevantes para o fato investigado. Neste caso específico, não foi apontada a referida conversa.”

      http://www.mpf.mp.br/pgr/noticias-pgr/nota-de-esclarecimento-6

      Responder
  8. Pedro Rocha

    A conversa, à primeira vista, não apresenta indício de crime, mas o que se depreende ali é mais do que uma conversa entre jornalista e fonte.

    Vemos nitidamente uma relação amistosa que mina a credibilidade do jornalista, que abertamente se mostra partidário e defensor de um grupo político e que faz textos panfletários contra as autoridades que investigam seus aliados.

    Reitero que, à primeira vista, não há conduta delituosa da parte do jornalista, mas ficou bem claro o fato de que ele é mais um pena de aluguel no jornalismo e que as críticas “pelas costas” a seus colegas de trabalho tornaram inviável sua participação na revista Veja. Ele já havia tomado a postura de ignorar seus colegas de revista e simplesmente negava, contra todas as evidências das matérias da Veja, os riscos que a Lava Jato sofria. Eu já achava aquilo acintoso, mas agora ficou insustentável.

    Responder
    • CS

      Ter uma “conversa amistosa” com sua fonte não torna o jornalista uma “pena de aluguel”.

      Aliás, o mero vazamento dessa gravação apenas corrobora o abuso do ministério público. A garantia de sigilo entre jornalista e fonte está na CONSTITUIÇÃO. Se não havia nada ali que configurasse crime, por que foi divulgado?

      Responder
  9. Leonardo

    Olha, Reinaldo tá pagando mico atrás de mico ultimamente, mas…
    Se não há nenhum conteúdo criminal na conversa, a divulgação realmente me parece um absurdo.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *