CEO da Netflix quer tornar a internet melhor, adivinha qual a pedra no caminho?

Do Olhar Digital, Como a Netflix quer transformar o buffering em coisa do passado:

“Uma solução para isso apontada por Reed Hastings, o CEO da Netflix, reside nas operadoras. “Várias companhias estão inovando em formas de oferecer serviços ao consumidor com dados ilimitados para vídeo, mas com velocidades limitadas. Os resultados têm sido muito eficientes nas redes para que as operadoras possam oferecer tempo ilimitado de vídeo”, ele afirmou. O executivo espera que as empresas passem a oferecer planos em que o usuário não se preocupe mais se seu pacote de dados vai estourar se ele resolver assistir a algum episódio de “Stranger Things”, por exemplo.

O problema da ideia é que ela vai diametralmente contra o conceito de neutralidade da rede, que é lei no Brasil e nos Estados Unidos. Para driblar as limitações de velocidade da internet móvel sem ferir a neutralidade da rede, a única solução é investir em novas ferramentas de compressão de vídeo e codecs.”

Felizmente, para os americanos, Trump apontou Ajit Pai (@AjitPaiFCC) como chefe da Comissão Federal de Comunicações, cuja posição anti-neutralidade já está alertando ciberativistas.

Reed foi uma das vozes que mais apoiaram as políticas de neutralidade da rede e agora, como Zuckerberg, colhe os frutos.

Leia mais sobre o Marco Civil no Reaçonaria:

Juíza do Rio faz valer o Marco Civil da Internet e bloqueia WhatsApp em todo país

Saiba como continuar usando o WhatsApp depois do bloqueio: Bloqueie o Marco Civil

Marco Civil, Servidão Voluntária e os Limites da Oposição

Marco Civil: se você está comemorando, é porque não leu o texto aprovado

 

Revisado por Maíra Pires @mairamacpires

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *