Bolsonaro humilha Ciro Gomes em nova pesquisa

O cearense Ciro Gomes tem se apresentado como um plano B da esquerda lulista para voltar ao poder.

Tentam fazer de Ciro Gomes um fenômeno de redes sociais próximo a Bolsonaro: sem poder político mas com muitos fãs e identidade forte. Lógico que não tem dado certo, mas o fracasso de Ciro lhe subiu à cabeça e recentemente ele tem feito ataques e “desafios” a Bolsonaro.

Se Bolsonaro já ignorava o ex-tucano por achar que tais provocações eram tentativas de chamar atenção, ele agora tem mais razões isso. A pesquisa de ontem da CNT/MDA mostra, no pior dos cenários, Bolsonaro com o dobro das intenções de Ciro. Revejam os números:

1º turno: Intenção de voto espontânea

Jair Bolsonaro: 6,5%
Ciro Gomes: 0,4

1º turno: Intenção de voto estimulada

CENÁRIO 1: Jair Bolsonaro 11,3%, Ciro Gomes 5,0%

CENÁRIO 2: Jair Bolsonaro 11,7%,  Ciro Gomes 5,3%

Revisado por Maíra Pires @mairamacpires

Loading...

2 comentários para “Bolsonaro humilha Ciro Gomes em nova pesquisa

  1. Jr

    O maior adversário do Jair Bolsonaro é a demência da grande maioria do povo brasileiro.
    Os brasileiros, EM SUA GRANDE MAIORIA, são filhos ideológicos do marxismo.
    Qualquer pessoa que é adepta do marxismo é demente e/ou psicopata.
    Eis o motivo pelo qual Jair Bolsonaro nunca, jamais, terá alguma chance na corrida pela Presidência.

    Responder
  2. Pedro Rocha

    Ciro Gomes e a extrema-esquerda não deverão dar trabalho. A preocupação é a esquerda fabiana com João Dória, que para não variar já está recebendo apoio da esquerda liberal, que por motivos que até agora desconheço não se unem ao do Partido Novo.

    Pelo menos os conservadores vão ter um representante em 2018 e não terão que apoiar como mal menor os socialistas fabianos. Mas era óbvio que os liberais continuariam os apoiando pois salta à vista que ideologicamente os liberais brasileiros ainda são muito apegados ao socialismo fabiano.

    Responder

Deixe uma resposta para Pedro Rocha Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *