Arranjo no Congresso garante saidinha nas férias para o “Deputado Presidiário”

Esta nota servirá apenas como registro histórico para lembrarmos o lixo institucional e o banditismo político sob o qual vivemos.

O Brasil conseguiu a proeza de ter um deputado federal presidiário. Após uma raríssima condenação pelo nosso covarde, leniente e politizado STF, Celso Jacob do PMDB do RJ foi realmente à prisão, mas conquistou o direito de permanecer deputado federal, passando apenas as noites na Papuda. Votando as leis de nosso país, Jacob mantém o salário de deputado, a residência oficial, todos os assessores e ainda tem sua pena diminuída para cada dia trabalhado.

Como se não bastasse ao Congresso e à Justiça nos humilhar com tudo isso, um novo arranjo do PMDB fez com que Celso Jacob ficasse como representante do partido durante o recesso dos parlamentares. Sem isso Jacob estaria de férias como todos os outros deputados e teria de passar o dia no presídio da Papuda. A jogada do PMDB de Michel Temer lhe permitirá usufruir dos palácios governamentais, a segurança e a boa comida que o dinheiro dos brasileiros lhe proporciona como deputado.

Como todo pilantra da política brasileira, Jacob apoiava Lula e Dilma e hoje é da base de Temer

Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *