Após Perillo, Richa adere ao movimento de defesa das prévias no PSDB

O governador Marconi Perillo (PSDB) passou a defender a realização de prévias para a escolha do candidato do PSDB, em 2018. O tucano, que exerce pela quarta vez o governo de Goiás, também afirmou que pode disputar a indicação do partido.

Disse Perillo, em entrevista ao jornal Correio Braziliense:

Não descarto disputar as prévias do PSDB (…) tenho uma história em Goiás e no partido, estou exercendo meu sexto mandato no PSDB. Foram cinco mandatos majoritários consecutivos [quatro como governador e um como senador]. Sempre ajudei o partido, apoiei todos os candidatos do PSDB.”

Agora, o governador paranaense Beto Richa (PSDB) também passou a defender a realização de prévias.

Disse Beto Richa, em entrevista ao Estadão:

O PSDB hoje está muito fortalecido para as eleições de 2018, eu vou apoiar aquele candidato que o meu partido escolher, defendo as prévias.”

Com o resultado das eleições municipais de 2016, os governadores sabem que qualquer candidato tucano contará com uma expressiva máquina de apoio nas eleições de 2018. Estão todos de olho na candidatura.

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) também já defendeu a realização de primárias abertas a não filiados no PSDB. Hoje, os favoritos para disputar a indicação partidária são Aécio e Alckmin, mas com prévias ou primárias abertas, algum prefeito, deputado federal, governador ou senador do partido pode desbancar a liderança dos atuais pré-candidatos.

Governadores tucanos Marconi Perillo (GO), Beto Richa (PR) e Geraldo Alckmin (SP)

Governadores tucanos Marconi Perillo (GO), Beto Richa (PR) e Geraldo Alckmin (SP)

Revisado por  Maíra Pires @mairamadorno

 

Leia também:

Alckmin vs Aécio. Ou: O PSDB é Social Democrata?

Um comentário para “Após Perillo, Richa adere ao movimento de defesa das prévias no PSDB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *