Aécio Neves é denunciado por ajudar o PT e tentar se safar no Mensalão

O deputado Carlos Sampaio e o atual prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, também estão na denúncia

O Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, ofereceu no dia de ontem denúncia contra o atual presidente nacional do PSDB, Aécio Neves, por ter agido para obstruir as investigações do Mensalão em 2005. A denúncia tem como base a delação premiada de Delcídio Amaral, que foi presidente da CPI que investigou o esquema.

Aécio teria acionado Eduardo Paes e Carlos Sampaio, membros da CPI na época, para segurarem dados que poderiam comprometê-lo no esquema semelhante de compra de votos na Assembléia Legislativa de Minas Gerais. À época em que a CPI dos Correios investigou o Mensalão, Aécio era governador de Minas Gerais e o atual prefeito do Rio foi um dos subrelatores da CPI.

Nós do Reaçonaria conhecemos bem a carreira de Aécio e não nos esquecemos de sua atuação em 2005 e 2006 para abafar as investigações e salvar o PT. A delação de Delcídio nos faz pensar que aquilo tudo era muito menos por birra partidária interna (já que Aécio não seria candidato naquela época) e muito mais para salvar a própria pele.

De qualquer forma, trazemos aqui de volta uma entrevista de Ciro Gomes, linha auxiliar petista muito ligada a Aécio, dada em 2010 e retratando acidentalmente as negociações baixas que ocorriam na época. Até avião oficial do governo de Minas era oferecido por Aécio para abafar as investigações – quem diz isso é Ciro Gomes:

AécioNeves_CiroGomes_2safados

“Muitas vezes ele (Aécio)mandou um avião para me buscar em Brasília às 9h da manhã, mandava o avião para pegar fulano, ciclano e beltrano da CPI e íamos para o hangar lá em Belo Horizonte.”

Valor: E por que a situação com Aécio poderia ser diferente?

Ciro: Vou fazer uma justiça a Aécio. Quando a CPI dos Correios começou a arquitetar o golpe contra o presidente Lula, o Aécio teve um envolvimento estratégico. No meio da crise, eu, Dilma, Márcio Thomaz Bastos [então ministro da Justiça] e Jaques Wagner [então ministro das Relações Institucionais] nos reuníamos diariamente às 7h para definir uma estratégia que era “Infantaria e Diplomacia” – eu dei o nome. Nós iríamos fazer o diálogo, a diplomacia. Fizemos uma lista daqueles nomes importantes da República e escalamos quem falaria com cada um. Bastos e [Antonio] Palocci ficaram escalados para conversar com o Fernando Henrique e com o Serra, e eu, com Geraldo Alckmin, Aécio Neves, Fernando Gabeira [PV-RJ], José Carlos Aleluia [DEM-BA] – esta era a estratégia de diplomacia. E como infantaria, nós estimulamos um movimento para ocupar as ruas. O trabalho da diplomacia era dizer: ‘Daqui para trás: nós estamos vendo um componente golpista nisto, o presidente da República não será alcançado e nós não vamos tolerar isso’.

Acabamos fazendo a manifestação na rua, só para mostrar que não estávamos blefando. O Aécio entendeu. Passou não só a concordar, mas a agir para desarmar a bomba. Muitas vezes ele mandou um avião para me buscar em Brasília às 9h da manhã, mandava o avião para pegar fulano, ciclano e beltrano da CPI e íamos para o hangar lá em Belo Horizonte. Lá brigávamos muito, mas chegávamos a acordos avalizados pelo Aécio. Ele nos ajudou a salvar o mandato do Lula. Invoco o testemunho de Gustavo Fruet [PSDB-PR] e Eduardo Paes [na época, PSDB-RJ]. O Aécio nos ajudou a desmontar a indústria da infâmia movida a partir do PSDB de São Paulo.

Para que os três sejam formalmente investigados pela Procuradoria-Geral da República,  a abertura de inquérito precisa ser autorizada pelo ministro Teori Zavascki, relator dos processos da Lava Jato no STF.
Loading...

2 comentários para “Aécio Neves é denunciado por ajudar o PT e tentar se safar no Mensalão

  1. Alexandre Sampaio Cardozo de Almeida

    São Paulo, 05 de maio de 2.016

    Prezados Reaças,

    Que esses fatos façam as pessoas que ainda acreditam no PSDB como “oposição”, acordarem! a ESTRATÉGIA DAS TESOURAS foi posta em prática desde a instauração da “Nova República”. Que o povo perceba que social- democracia, não passa de eufemismo de comunismo. Que caiam Aécio, Sampaio, Cunha Lima e toda essa porcariada filiada ao PSDB. O PT só sobreviveu ao Mensalão, onze anos atrás, devido ao acobertamento do PSDB. O quê parecia ser, na ocasião, pusilanimidade, hoje, há indícios de ter sido cumplicidade. Não haverá futuro para o país, se os conservadores não se levantarem contra essa malta esquerdista.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *