A indenização a Renan Calheiros é uma das coisas mais obscenas já feitas pela justiça brasileira

Segundo o delator Sérgio Machado, Renan Calheiros recebeu R$ 32 milhões roubados em contratos públicos. Caso você não conheça a história, pode lê-la aqui. Foram R$ 24 milhões em espécie, cédulas entregues.

Segundo o delator Felipe Parente, Renan Calheiros recebeu a maior parte dos R$ 5 milhões roubados da Transpetro e distribuídos entre senadores do PMDB. Caso você não conheça a história, pode se informar por aqui.

O delator Fernando Baiano também disse que Renan Calheiros recebeu propina. Neste caso, no exterior. Este processo corre em sigilo.

Pois bem, este Renan Calheiros de tantas investigações, campeão de inquéritos que não andam para a frente, conseguiu ser indenizado em processo movido contra um dos jornalistas de política mais experientes do Brasil. Ricardo Noblat terá que pagar a esta coisa da nossa política,  R$ 142 mil.

Este país é ou não é uma putaria generalizada?

Leiam mais sobre Renan Calheiros em nosso site:

Revisado por Maíra Pires @mairamacpires

Loading...

4 comentários para “A indenização a Renan Calheiros é uma das coisas mais obscenas já feitas pela justiça brasileira

  1. Pedro Rocha

    O establishment reage e reage mais rápida e ferozmente do que eu esperava.

    E por falar nisso, o boicote político a Bolsonaro continua. Primeiro o PR e agora o PTB negam a ele a chance de se candidatar à Presidência.

    Responder
  2. Rodrigo Senzo

    Tinha uma analogia que o Bolsonaro volta e meia fazia, quando da “comissão da “verdade”” e que descreve bem esse tipo de coisa.
    .
    Dizia o Bolsonaro algo como: “Imagine um tribunal onde todos do juri é composto por bandidos, traficantes. E nesse tribunal está lá pra ser julgado o Fernandinho Beira Mar. Qual resultado do julgamento? O Fernandinho Beira-Mar é absolvido e santificado.”
    .
    É… não é estranho que o Senador tenha sido “santificado”… foi julgado pelos seus pares, pelos seus iguais, como na analogia do Bolsonaro.

    Responder
  3. Yulo

    O STF é o primeiro a patrocinar a putaria, inclusive internamente. Esperar o que de sinistros que fazem questão de estuprar a Carta Magna que juraram defender?

    Responder

Deixe uma resposta para Pedro Rocha Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *